Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Arábia Saudita dobra importação de óleo combustível russo para geração de energia

© AP Photo / Dmitry LovetskyConstrutor fala ao telefone ao lado de gasoduto da empresa russa Gazprom, em São Petersburgo, Rússia (foto de arquivo)
Construtor fala ao telefone ao lado de gasoduto da empresa russa Gazprom, em São Petersburgo, Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 14.07.2022
Nos siga noTelegram
A Arábia Saudita mais que dobrou as importações de óleo combustível russo no segundo trimestre de 2022 para geração de energia, informou mídia nesta quinta-feira (14).
Maior exportadora de petróleo do mundo, a Arábia Saudita está importando óleo combustível russo para abastecer suas usinas de energia, em uma tentativa de atender à demanda de resfriamento do verão e liberar seu próprio petróleo para exportação, informou a agência de notícias Reuters, citando dados de rastreamento e comerciantes.
De acordo com dados de rastreamento do Refinitiv Eikon, a Arábia Saudita importou 647 mil toneladas (48 mil barris por dia) de óleo combustível russo por portos russos e estonianos de abril a junho, em comparação com 320 mil toneladas no mesmo período do ano passado.
No total, o país importou 1,05 milhão de toneladas de óleo combustível russo em 2021.
Presidente russo, Vladimir Putin dirige uma colheitadeira através de um campo de milho enquanto visita uma fazenda perto de Stavropol, cerca de 1.200 km ao sul de Moscou, em 25 de outubro de 2011 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 14.07.2022
Panorama internacional
EUA suavizam sanções e autorizam transações com a Rússia relacionadas a fertilizantes e alimentos
Além disso, houve um aumento nas importações de óleo combustível russo pelo terminal de petróleo do Oriente Médio na cidade de Fujairah, nos Emirados Árabes Unidos, segundo traders.
Fujairah recebeu 1,17 milhão de toneladas de óleo combustível russo neste ano, em comparação com 900 mil toneladas no mesmo período do ano passado.
Outras 900 mil toneladas podem ser entregues a Fujairah em julho, elevando o total de embarques neste ano para 2,1 milhões de toneladas e superando o volume de 1,64 milhão de toneladas em todo o ano de 2021, segundo dados de rastreamento.
A maior parte do óleo combustível é vendida para navios, mas parte vai para países vizinhos.
Refinaria da Gazprom em Moscow - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Panorama internacional
Bloomberg: Alemanha decidiu não nacionalizar Gazprom Germania, pois poderia irritar Putin
O aumento nas vendas de combustível para a Arábia Saudita mostra que o governo do presidente dos EUA, Joe Biden, está enfrentando dificuldades, pois busca isolar a Rússia e reduzir suas receitas de exportação, acrescentou a Reuters.
Enquanto isso, China, Índia e vários países da África e do Oriente Médio aumentaram as importações russas, apesar da interferência e das pressões do Ocidente.
Biden está viajando ao Oriente Médio pela primeira vez durante seu mandato como presidente dos EUA, com visitas a Israel, Cisjordânia e Arábia Saudita entre ontem (13) e o próximo sábado (16).
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала