Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Guterres diz que negociações sobre exportação de grãos ucranianos avançou: 'Passo crucial adiante'

© AP Photo / John MinchilloO secretário-geral da ONU, António Guterres, discursa durante a Assembleia Geral da organização, em Nova York, 23 de fevereiro de 2022
O secretário-geral da ONU, António Guterres, discursa durante a Assembleia Geral da organização, em Nova York, 23 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.07.2022
Nos siga noTelegram
O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, anunciou que obteve avanços significativos na negociação sobre a exportação de grãos ucranianos pelo mar Negro, nesta quarta-feira (13).
As negociações estão sendo feitas tanto com a Ucrânia quanto com a Rússia, cujas participações foram classificadas de "construtivas" pelo oficial.
A reunião ocorreu em Istambul e contou com a participação de emissários da ONU e representantes da Rússia, da Ucrânia e da Turquia.
A expectativa do secretário-geral é que um acordo seja alcançado até o fim da próxima semana com ambos os países.

"Estamos torcendo para que possamos nos reunir muito em breve, tenho certeza [de que o encontro ocorrerá] na próxima semana e espero que possamos ter um acordo final. Mas, como eu disse, ainda precisamos de muita boa vontade e comprometimento de todas as partes, e elas demonstraram isso. Estou encorajado, estou otimista, mas ainda não está totalmente feito", disse ele a repórteres hoje (13).

Navio de bandeira russa Zhibek Zholy ancorado em Sakarya, costa do mar Negro, Turquia, 5 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 06.07.2022
Panorama internacional
Kiev pede para Turquia investigar mais 3 navios da Rússia com supostos grãos ucranianos, diz mídia
Guterres apontou, entretanto, que não vê um acordo de paz imediato entre Kiev e Moscou no contexto da operação militar especial da Rússia na Ucrânia, lançada em 24 de fevereiro.

"Não vejo, de imediato, a perspectiva de um acordo de paz. Acho que, de qualquer forma, isso demonstrou que as partes são capazes de ter um diálogo construtivo, e isso é, claro, uma notícia muito boa. Mas para a paz ainda temos um longo caminho à frente", disse.

O destroier da Marinha Real Britânica HMS Defender chega ao porto de Batumi, no mar Negro, 26 de junho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 23.06.2022
Panorama internacional
Moscou afirma compreender os 'verdadeiros' planos por trás da coalizão de grãos ucraniana
O secretário-geral da ONU creditou à Turquia os resultados substantivos nas negociações, mas afirmou que é necessário mais trabalho técnico para materializar o progresso delas.

"Hoje é um passo importante e substantivo, um passo no caminho para um acordo abrangente. Em um mundo escurecido pela crise global, hoje (13) finalmente temos um raio de esperança. Um raio de esperança para aliviar o sofrimento humano e aliviar a fome em todo o mundo. Um raio de esperança para apoiar os países em desenvolvimento e as pessoas mais vulneráveis, um raio de esperança para trazer uma medida de estabilidade muito necessária ao sistema alimentar global", declarou Guterres.

Agricultores alemães alertam para aumento 'sem precedentes' nos preços dos alimentos. - Sputnik Brasil, 1920, 14.04.2022
Notícias do Brasil
Entre pandemia e Ucrânia, o Brasil consegue migrar da dependência externa para a autossuficiência?
Ele acrescentou que a ONU está trabalhando no acordo 24 horas por dia para selar uma combinação adequada a todas as partes.
Guterres também agradeceu à Turquia por "seus esforços extraordinários para convocar essas negociações e seu papel crítico" e às autoridades russas e ucranianas por seu "engajamento construtivo".
Em entrevista concedida logo após a reunião, o ministro da Defesa turco, Hulusi Akar, informou que um acordo sobre o estabelecimento de um centro de coordenação em Istambul foi alcançado nas negociações.
"Como resultado da reunião, que decorreu num ambiente positivo e construtivo, foram acordadas as principais questões técnicas, como a criação de um centro de coordenação em Istambul, onde estarão presentes representantes de todas as partes, de controle conjunto à saída do porto até os pontos de chegada, garantindo a segurança da navegação em rotas de transição. Vimos que as partes estão prontas para resolver esse problema", afirmou Akar.
Reunião do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) em Nova York, nos EUA, em 12 de abril de 2017 - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2022
Panorama internacional
Conselho de Segurança da ONU se reunirá para discutir situação da Ucrânia na tarde desta terça-feira
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала