Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Alta nos preços do gás confirma que posição alemã sobre Nord Stream 2 estava errada, diz MRE russo

© AP Photo / Michael SohnEm Lubmin, na Alemanha, um trabalhador é fotografado em meio aos gasodutos do Nord Stream 2, em 15 de fevereiro de 2022
Em Lubmin, na Alemanha, um trabalhador é fotografado em meio aos gasodutos do Nord Stream 2, em 15 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.07.2022
Nos siga noTelegram
A alta dos preços do gás confirmou que a posição de Berlim sobre o gasoduto Nord Stream 2 estava errada, afirmou em entrevista à Sputnik o chefe do Departamento de Cooperação Econômica do Ministério das Relações Exteriores russo, Dmitry Birichevsky.

"A situação relativamente ao fornecimento do gás e aos preços do combustível confirmou que a posição inconsistente da Alemanha em relação ao Nord Stream 2 estava errada. O lançamento atempado do gasoduto teria permitido evitar problemas de encher as instalações de armazenamento subterrâneo de gás. Agora, os alemães estão colhendo os frutos de suas próprias ações", disse Birichevsky.

"Quanto às compensações pelo tempo de inatividade do Nord Stream 2, essa questão cabe aos investidores, entre os quais, além da Gazprom [empresa de energia russa, a maior exportadora de gás natural do mundo], há algumas empresas líderes de energia europeias", concluiu.
Presidente nigeriano Muhammadu Buhari discursa durante a 24ª Conferência das partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (COP24), Katowice, Polônia, 3 de dezembro de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 11.07.2022
Panorama internacional
UE busca aumentar compra de gás da África, mas as nações africanas podem ser contra, diz mídia
O gasoduto Nord Stream 2 se estende por 1.234 km, da costa norte da Rússia através do fundo do mar Báltico até a Alemanha e tem duas linhas com uma capacidade total de 55 bilhões de metros cúbicos de gás por ano. Sua construção terminou em setembro de 2021, mas não chegou a entrar em operação.
Agora ambas as linhas estão preenchidas com o chamado gás técnico, com o gasoduto estando de fato pronto para entrar em funcionamento. Contudo, em fevereiro de 2022, em resposta à operação militar russa na Ucrânia, a Alemanha suspendeu o processo de aprovação do gasoduto. A ministra das Relações Exteriores alemã afirmou que "o projeto está de fato congelado".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала