Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

OTAN está formando 'um punho blindado', certamente não é para se defender, diz presidente belarusso

© Sputnik / Assessoria de Imprensa do MRE da RússiaPresidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, 16 de setembro de 2021
Presidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, 16 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Nos siga noTelegram
O presidente belarusso, Aleksandr Lukashenko, afirmou que os países ocidentais, comandados pelos Estados Unidos e em detrimento de seus próprios interesses, destroem sistematicamente o sistema de segurança global.
"Os acontecimentos em curso em torno de Belarus e da Rússia exigem a máxima vigilância e concentração. Os países do Ocidente, comandados abertamente pelos Estados Unidos, estão destruindo o sistema de segurança global de forma consistente, sistemática e mesmo em detrimento de seus próprios interesses nacionais e da vontade de seus povos", disse Lukashenko em uma cerimônia em honra dos graduados e oficiais superiores das universidades militares.
As palavras do presidente belarusso são citadas na terça-feira (12) pela agência Belta.
Segundo Lukashenko, sob o pretexto de reforço da defesa da Europa e treinamentos "defensivos", a OTAN está formando um "punho blindado".

"Estou seguro de que ao longo dos estudos nas universidades militares vocês analisaram atentamente o desenvolvimento da situação político-militar e entendem bem o que está acontecendo em nossas fronteiras ocidentais. Sob o pretexto do reforço da defesa da Europa e de vários treinamentos 'defensivos', os países da OTAN estão formando um punho blindado, certamente criado não para se defender. Os militares estão vendo isso", salientou Lukashenko.

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensO presidente russo, Vladimir Putin, e seu homólogo belarusso, Aleksandr Lukashenko, posam para foto durante reunião em São Petersburgo, Rússia, 25 de junho de 2022
O presidente russo Vladimir Putin e o presidente belarusso Aleksandr Lukashenko posam para uma foto durante uma reunião em São Petersburgo, Rússia, 25 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
O presidente russo, Vladimir Putin, e seu homólogo belarusso, Aleksandr Lukashenko, posam para foto durante reunião em São Petersburgo, Rússia, 25 de junho de 2022
O presidente afirmou que os "novos cruzados" da Aliança Atlântica de repente decidiram que este era o momento certo para efetuar mais uma "campanha para leste", mas se esqueceram de como as "Сruzadas" de seus antepassados terminaram.
O mundo já não vai ser o mesmo, constatou o chefe de Estado belarusso.

"Os acontecimentos em curso são passos determinados no sentido de uma ordem mundial multipolar, bem como da eliminação da hegemonia norte-americana. Para manter [essa hegemonia], estão sendo formados grupos de tropas, a ideologia neonazista e os regimes abertamente fascistas em torno dos países indesejáveis estão sendo apoiados. Infelizmente, tais políticas do Ocidente estão aproximando o mundo do abismo de uma grande guerra, na qual, como se compreende, não haverá vencedores", destacou Lukashenko.

Mais do que isso, o presidente belarrusso afirmou que tinha discutido com seu homólogo russo Vladimir Putin os planos estratégicos do Ocidente de atacar a Rússia através da Ucrânia e Belarus.

"Ultimamente – discutimos isso detalhadamente ontem [11 de julho, durante uma conversa telefônica] com o presidente russo – têm sido elaborados planos para atacar a Rússia. Além disso, a principal direção do ataque seria através da Ucrânia e Belarus", disse.

Presidente belarusso, Aleksandr Lukashenko, durante uma reunião com o presidente russo, Vladimir Putin - Sputnik Brasil, 1920, 05.07.2022
Panorama internacional
Kiev admite que Minsk possa atuar como parte do conflito na Ucrânia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала