Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

MD russo: mísseis de alta precisão Iskander eliminam na Ucrânia sistemas antinavio Harpoon dos EUA

© Sputnik / Ramil Sitdikov / Abrir o banco de imagensSistema de mísseis tático-operacional Iskander-M (foto de arquivo)
Sistema de mísseis tático-operacional Iskander-M (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Nos siga noTelegram
Mísseis russos de alta precisão Iskander destruíram na região de Odessa lançadores do complexo de mísseis antinavio Harpoon de produção dos EUA, declarou nesta terça-feira (12) o representante oficial da Defesa russa, tenente-general Igor Konashenkov.
"Na área do povoado Berezan, na região de Odessa, mísseis terrestres de alta precisão Iskander destruíram lançadores do complexo de mísseis antinavio Harpoon de produção dos EUA", disse ele.
Durante combates de artilharia, as tropas russas eliminaram dois pelotões ucranianos de sistemas múltiplos de foguetes Grad e dois pelotões de obuseiros Giatsint-B na área de Dzerzhinsk, na República Popular de Donetsk (RPD), informou o ministério.
Nas últimas 24 horas, a defesa antiaérea russa derrubou sete drones ucranianos na região de Carcóvia e na República Popular de Donetsk, incluindo um veículo aéreo não tripulado de ataque na região de Nikolaev.
Mísseis de alta precisão de baseamento aéreo eliminaram na RPD 180 militares e 26 unidades de equipamentos militar da 30ª Brigada de Infantaria Mecanizada das Forças Armadas da Ucrânia.
Além disso, forças da defesa antiaérea da Rússia interceptaram 12 projéteis de sistema de lançamento múltiplo Uragan, incluindo na área de Novaya Kakhovka.
Forças Armadas russas identificaram mercenários estrangeiros em estágio de preparação para entrar na Ucrânia, revelou tenente-general.
Cinco mercenários estrangeiros dos EUA e do Reino Unido chegaram ao ponto de acomodação na cidade polonesa de Zamosc, tendo a entidade de Defesa russa apelado a essas pessoas a reconsiderar e voltar para casa vivos.
De acordo com o Direito Internacional Humanitário, mercenários estrangeiros não são combatentes, e se forem capturados vivos no melhor dos casos serão julgados e terão penas máximas de prisão, ressalta o Ministério da Defesa russo.
Efetivos da Milícia Popular de Lugansk se aproximam de Lisichansk, foto publicada em 8 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 11.07.2022
Panorama internacional
MD da Rússia: forças russas destroem depósito com 200 toneladas de mísseis e sistemas antitanque
Desde 24 de fevereiro, à Ucrânia chegaram mercenários de mais de 60 países. O ministério russo publicou dados sobre o número de mercenários estrangeiros na Ucrânia, que indicam que, desde o início da operação militar, mais de 7,1 mil mercenários chegaram ao território ucraniano.
Konashenkov disse também que nas últimas três semanas foram eliminados na Ucrânia 166 mercenários poloneses, 50 georgianos e 23 britânicos. Além disso, de acordo com o tenente-general, foram mortos 21 militantes romenos e 15 canadenses.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала