Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mídia: Binance prestou serviços a comerciantes de criptomoedas no Irã mesmo após sanções dos EUA

CC BY 2.0 / Flickr.com / Crypto Dost / Logotipo do serviço de criptomoedas Binance e representação de moedas sobrepostos a estatísticas de mercados bolsistas (imagem referencial)
Logotipo do serviço de criptomoedas Binance e representação de moedas sobrepostos a estatísticas de mercados bolsistas (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Nos siga noTelegram
Uma reportagem da Reuters concluiu que a plataforma de troca de criptomoedas Binance sabia e até zombou da presença iraniana no serviço, mesmo depois que anunciou oficialmente estar cumprindo sanções.
A plataforma de troca de criptomoedas Binance continuou processando transações de clientes no Irã mesmo após proibição dos EUA como parte das sanções anti-Teerã reimpostas por Washington em 2018, relatou na segunda-feira (11) a agência britânica Reuters.
Ela falou com sete indivíduos iranianos, que explicaram que apesar de o serviço ter informado comerciantes no país em novembro de 2018 que não faria mais transações com eles e pedido que fechassem suas contas, as operações continuaram até setembro de 2021, um mês depois que a Binance reforçou os controles contra a lavagem de dinheiro.
As sanções foram contornadas através da simplicidade de registro na plataforma, que apenas requeria e-mail, sem a necessidade de introduzir informações pessoais.
Segundo a agência britânica, a Binance sabia da situação, com mensagens internas em 2019 e 2020 zombando da crescente popularidade do serviço no Irã.
A Reuters também descobriu 11 iranianos no portal LinkedIn que mencionaram ter trocado criptomoedas na Binance após a entrada das sanções em vigor, apesar de terem recusado responder a questões.
O vice-secretário do Tesouro dos EUA, Wally Adeyemo, fala durante uma entrevista coletiva conjunta com o comissário da UE em Bruxelas, Bélgica, 29 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Panorama internacional
'Encontraremos vocês': Tesouro dos EUA emite alerta para quem ajudar Rússia a contornar sanções
A Binance garantiu em um artigo no blog em março que segue as sanções contra a Rússia impostas por países ocidentais e que reuniu uma "força-tarefa de conformidade global, incluindo especialistas em sanções e aplicação da lei de renome mundial". Binance acrescentou que usou "ferramentas de grau bancário" para impedir que pessoas ou entidades sancionadas utilizassem sua plataforma. A investigação da Reuters não detectou que o serviço tenha sido usado por entidades sancionadas.
Binance é a maior bolsa de troca de criptomoedas do mundo, sua holding está localizada nas Ilhas Cayman, embora afirme não ter uma única sede, e não fornece detalhes sobre seu esquema de câmbio monetário. Advogados e especialistas em sanções declaram que sua estrutura operacional peculiar e o fato de não ser uma empresa dos EUA lhe permitiu evitar sanções legais por suas atividades.
Ao mesmo tempo, a plataforma poderia ser punida sob as chamadas sanções secundárias, que visam empresas não americanas que fazem negócios com entidades sancionadas, ajudam os iranianos a escapar do embargo comercial dos EUA ou facilitam qualquer conduta sancionável.
Técnico de petróleo verifica as instalações do separador de óleo no campo petrolífero de Azadegan, perto de Ahvaz, no Irã (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 06.07.2022
Panorama internacional
Washington impõe sanções a empresas ligadas ao setor petrolífero iraniano: 'Transporte ilegal'
Em nota enviada à Sputnik Brasil, a Binance disse que desenvolve "um programa regulatório e de compliance reconhecido globalmente" que tem sido seu "objetivo primordial nos últimos 18 meses" e que, como uma empresa de apenas cinco anos, esses esforços vêm sendo seu principal foco durante boa parte da existência da companhia.
"Este programa de sanções líder do setor é totalmente alinhado com todas as sanções financeiras internacionais, incluindo o bloqueio de acesso à plataforma para usuários no Irã, Coreia do Norte, entre muitos outros. Também implementamos ferramentas avançadas de detecção que nos permitiram reprimir ainda mais os usuários em regiões sancionadas que tinham acesso a ferramentas de mascaramento sofisticadas, incluindo VPNs. Temos um programa de compliance robusto que incorpora princípios e ferramentas contra lavagem de dinheiro e sanções globais usadas por instituições financeiras para detectar e tratar atividades suspeitas. Como resultado de nosso robusto programa de conformidade/KYC, conseguimos garantir aprovações e registros na França e na Itália, tornando-nos a única empresa de criptoativos a fazê-lo em países do G-7. Nesta indústria nascente e de rápido crescimento, evoluímos rapidamente para garantir o mais alto padrão de conformidade regulatória à medida que o espaço continua amadurecendo e à medida que aprendemos/adaptamos ao lado de outros players e reguladores", diz o comunicado.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала