Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

G20: Japão busca incentivar países neutros a adotarem sanções contra a Rússia, diz chanceler Hayashi

© AP Photo / Philip FongO secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken (à esquerda), cumprimenta o chanceler japonês, Yoshimasa Hayashi, em Tóquio, 23 de maio de 2022
O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken (à esquerda), cumprimenta o chanceler japonês, Yoshimasa Hayashi, em Tóquio, 23 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Nos siga noTelegram
Nesta terça-feira (12), o chanceler japonês, Yoshimasa Hayashi, afirmou que o governo do Japão pretende encorajar países neutros do G20 a adotarem sanções contra a Rússia devido à operação militar na Ucrânia.
A declaração do chefe da diplomacia japonesa ocorreu durante uma coletiva de imprensa. Hayashi afirmou que o Japão pretende desenvolver as "medidas necessárias" para "expandir a efetividade" das sanções contra a Rússia sob a liderança dos países do G7.

"Dentro do formato do G20, nós pretendemos tentar encorajar países que estão agora em uma posição neutra [a impor sanções a Moscou]", afirmou.

© AP Photo / Kiyoshi Ota / PoolO premiê japonês, Fumio Kishida, participa de coletiva de imprensa após encontro dos líderes do Diálogo Quadrilateral sobre Segurança (Quad) em Tóquio, 24 de maio de 2022
O premiê japonês, Fumio Kishida, participa de coletiva de imprensa após encontro dos líderes do Diálogo Quadrilateral de Segurança (Quad) em Tóquio, 24 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
O premiê japonês, Fumio Kishida, participa de coletiva de imprensa após encontro dos líderes do Diálogo Quadrilateral sobre Segurança (Quad) em Tóquio, 24 de maio de 2022
O Japão já introduziu uma série de sanções contra a Rússia em resposta à operação militar russa na Ucrânia. O pacote mais recente de medidas restritivas de Tóquio contra Moscou incluiu sanções a 57 cidadãos russos.
O país asiático segue o mesmo caminho dos países da União Europeia e do Canadá, que, liderados pelos Estados Unidos, impuseram um volume inédito de sanções à Rússia desde o início da operação militar. Entre as medidas estão restrições ao setor de energia russo e o congelamento de reservas financeiras russas internacionais.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала