Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Europa não poderá se tornar independente do gás russo a longo prazo, diz investidor norte-americano

© Sputnik / Dmitry LelchukTubulação de gás do Nord Stream-2 na Alemanha
Tubulação de gás do Nord Stream-2 na Alemanha - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Nos siga noTelegram
A União Europeia não pode abandonar totalmente a importação de gás russo a longo prazo, afirmou à Sputnik um experiente investidor norte-americano, Jim Rogers.
Alguns líderes europeus apelaram para a União Europeia introduzir a proibição total das importações de gás russo no próximo, sétimo, pacote de sanções a aplicar à Rússia.

"Talvez, a curto prazo, mas tenho dúvidas se falarmos a longo prazo", disse Rogers quando foi perguntado se era possível que a Europa se tornasse independente do fornecimento de gás russo.

A União Europeia pode tentar substituir o gás russo por entregas de combustível do Oriente Médio ou dos Estados Unidos, mas isso será muito complicado, levando em conta que os europeus terão de encontrar uma fonte capaz de garantir o fornecimento de grandes volumes de gás durante um longo período de tempo.
Presidente nigeriano Muhammadu Buhari discursa durante a 24ª Conferência das partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (COP24), Katowice, Polônia, 3 de dezembro de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 11.07.2022
Panorama internacional
UE busca aumentar compra de gás da África, mas as nações africanas podem ser contra, diz mídia
"Dessa maneira, as decisões a curto prazo não vão resolver o problema", afirmou Rogers. "A Europa é demasiado grande, sua economia é enorme, por isso as decisões a curto prazo não chegam."
Segundo Rogers, a decisão da União Europeia de limitar as importações de gás russo até o fim do ano vai causar problemas nos meses mais frios e no próximo ano, caso o bloco não consiga encontrar uma alternativa viável ao fornecimento do gás russo.
Além disso, Rogers salientou que as economias dos países da UE estão sofrendo com as sanções que eles mesmos impuseram.
De acordo com o investidor norte-americano, os países europeus poderiam voltar a abrir usinas nucleares e de carvão para obter uma fonte de energia alternativa, mas, para tal, é preciso que façam algo de forma rápida, por terem cortado uma de suas fontes de energia principais, disse.
Segundo os dados da Agência Internacional de Energia (AIE), em 2021 a União Europeia importou da Rússia 155 bilhões de metros cúbicos de gás natural, o que constitui 45% das importações do bloco e 40% de seu consumo geral.
Logotipo da empresa Gazprom Germania na sua sede em Berlim, Alemanha, 6 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 11.07.2022
Panorama internacional
Cessa fluxo de gás pelo Nord Stream para a Europa
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала