- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Alegando risco de desabastecimento, Petrobras pede à Justiça Eleitoral que não convoque funcionários

© Folhapress / Pedro LadeiraFuncionários do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) realizam teste de lacração das urnas eletrônicas enviadas para votação no exterior, em Brasília, 19 de setembro de 2018
Funcionários do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) realizam teste de lacração das urnas eletrônicas enviadas para votação no exterior, em Brasília, 19 de setembro de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Nos siga noTelegram
Segundo estatal, a liberação de funcionários da empresa para participarem como mesários e em outras funções nas eleições pode colocar em risco desabastecimento de derivados de petróleo e fazem a Petrobras pagar horas extras e folgas.
Em um ofício de quatro páginas encaminhado às zonas eleitorais, à Gerência Setorial de Relacionamento com o Governo e Entidades Externas da Petrobras, a petrolífera pediu a anulação da convocação de diversos empregados para as eleições deste ano alegando riscos de desabastecimento de derivados de petróleo, além do pagamento de horas extras e folgas, segundo o blog de Lauro Jardim em O Globo.
No pedido, a empresa argumentou que "a convocação de grande quantitativo de profissionais que atuam em áreas operacionais, em regime de turno, vem trazendo impactos negativos às atividades desenvolvidas pela empresa".
"Trata-se de empregados especializados que trabalham em refinarias, unidades termoelétricas, plataformas e outras atividades operacionais com horários diferenciados, de 12 ou 8 horas, com escalas definidas", diz o texto.
Ao mesmo tempo, a estatal solicitou, caso seja realmente necessário, que a Justiça Eleitoral convoque funcionários que trabalham em áreas administrativas.
Manifestação realizada pelos petroleiros na sede do conselho admistrativo da Petrobras,na manhã dessa segunda-feira (27), região central da cidade, contra a nomeação do novo presidente da Petrobras, Caio Paes de Andrade, 27 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.06.2022
Notícias do Brasil
Petroleiros entram com ação contra posse do novo presidente da Petrobras: 'Nomeação foi ilegal'
Segundo a mídia citando dados da Petrobras, desde a eleição de 2020 "1.927 empregados solicitaram afastamento em razão do serviço eleitoral, dentre eles cerca de 1.004 empregados lotados em área operacional".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала