Vento forte derruba caça F/A-18 Super Hornet do convés de porta-aviões dos EUA no mar Mediterrâneo

© AP Photo / Kin CheungAn F/A-18 Super Hornet fighter jet is seen on the deck of the U.S. Navy USS Ronald Reagan in the South China Sea
An F/A-18 Super Hornet fighter jet is seen on the deck of the U.S. Navy USS Ronald Reagan in the South China Sea - Sputnik Brasil, 1920, 11.07.2022
Nos siga noTelegram
Investigadores da Marinha dos EUA buscam saber por que um caça de combate foi derrubado pelo vento na sexta-feira (8) do convés de um porta-aviões que estava operando no Mediterrâneo.
De acordo com relatórios iniciais, um caça F/A-18 Super Hornet caiu no mar na sequência de "tempo adverso inesperado". A aeronave estava a bordo do porta-aviões USS Harry S. Truman geralmente implantado na base naval de Norfolk, no estado da Virgínia.
O navio estava realizando um reabastecimento no mar, uma operação em que os suprimentos são transferidos de um navio para outro enquanto estavam em andamento. Foi durante essa tarefa que o F/A-18 Super Hornet acabou caindo no mar, ressalta em comunicado a 6ª Frota da Marinha dos EUA com relação ao incidente.
Um marinheiro recebeu ferimentos leves e está em condições estáveis, acrescenta a nota. Os detalhes e a causa do sucedido estão sendo investigados, avança The Washington Times.
"Todo o pessoal a bordo do navio é contabilizado", disseram neste domingo (10) oficiais das forças navais dos EUA para Europa e África.
F/A-18E Super Hornet (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 12.06.2022
Marinha dos EUA ordena 'pausa de segurança' de suas missões após série de acidentes aéreos
Vale ressaltar que entre 3 e 9 de junho três incidentes com aeronaves da Marinha e dos Fuzileiros Navais dos EUA resultaram em dez vítimas a bordo, incluindo seis mortais, levando o ramo naval a ordenar uma pausa operacional.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала