Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Cessa fluxo de gás pelo Nord Stream para a Europa

© AP Photo / Michael SohnLogotipo da empresa Gazprom Germania na sua sede em Berlim, Alemanha, 6 de abril de 2022
Logotipo da empresa Gazprom Germania na sua sede em Berlim, Alemanha, 6 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 11.07.2022
Nos siga noTelegram
A Nord Stream AG, operadora do gasoduto Nord Stream, relatou que a dutovia está agora em modo de manutenção anual, que é planejado terminar em 21 de julho.
O combustível deixou de fluir desde a Rússia para a Europa através do gasoduto Nord Stream (Corrente do Norte) a partir das 07h00, horário de Moscou (01h00, horário de Brasília), segundo dados da Nord Stream AG, a operadora do gasoduto.
As duas linhas da dutovia estão agora paradas para manutenção preventiva entre 11 e 21 de julho, que inclui testes de componentes mecânicos e sistemas de automação. A paragem técnica é realizada anualmente.
O fluxo através do Nord Stream no domingo (10) foi de cerca de 63,4 milhões de metros cúbicos, um valor semelhante ao dos dias anteriores e cerca de 40% da capacidade máxima da tubulação, que é de quase 170 milhões de metros cúbicos por dia.
Bandeiras da gigante alemã de engenharia Siemens são vistas em frente ao salão olímpico antes da reunião anual de acionistas da empresa em Munique, sul da Alemanha, 30 de janeiro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 10.07.2022
Panorama internacional
Siemens vai transportar turbina sancionada do Nord Stream para Alemanha 'o mais rápido possível'
A Gazprom reduziu em meados de junho o bombeamento através do Nord Stream em cerca de 60%. A empresa informou que só poderia transportar 67 milhões de metros cúbicos de gás no gasoduto, em comparação com os 167 milhões de metros cúbicos planejados, devido aos atrasos da empresa alemã Siemens.
Esta não pode devolver para a estação de compressão russa de Portovaya a turbina de compressão de gás, que estava em reparo em uma fábrica canadense, por causa das sanções do Canadá contra a Rússia, também houve falhas técnicas em motores, entretanto descobertas.
A agência britânica Reuters citou neste domingo (10) um comunicado que revela a decisão da Siemens de transportar a turbina para a Alemanha para garantir o funcionamento do Nord Stream.
Já as entregas através da Ucrânia devem estar no nível dos dias anteriores, informou o sistema de transporte de gás ucraniano.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала