Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

EUA e aliados são incapazes de manter nível atual de ajuda militar à Ucrânia, afirma New York Times

© AP Photo / Efrem LukatskySoldados ucranianos instalam minas antitanque na floresta, Ucrânia, 14 de junho de 2022
Soldados ucranianos instalam minas antitanque na floresta, Ucrânia, 14 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 10.07.2022
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos e seus aliados não poderão manter seu atual nível de apoio a Kiev por um período prolongado de tempo.
As informações foram reportadas pelo jornal norte-americano The New York Times, citando autoridades anônimas.
Apesar do fato de o presidente dos EUA, Joe Biden, ter prometido ficar com a Ucrânia "pelo tempo que for preciso", ninguém espera mais bilhões de apoio à Ucrânia quando o pacote de ajuda, atualmente autorizado por Washington, de US$ 54 bilhões (R$ 283,7 bilhões) em assistência militar e outras ajudas se esgotarem, disse o jornal no sábado (9).
Helicóptero de reconhecimento e ataque russo Ka-52M - Sputnik Brasil, 1920, 09.07.2022
Panorama internacional
Forças da Rússia destroem hangar com obuseiros dos EUA e 2 aviões Su-25 na Ucrânia, diz MD russo
Autoridades admitiram ao jornal que os estoques de armas dos EUA e da Europa ficarão baixos em algum momento e que seria difícil sustentar o mesmo nível de apoio material à medida que a fadiga da guerra aumenta.
O New York Times informou que a ajuda militar para a Ucrânia aprovada pelo Congresso deve durar até o segundo trimestre do próximo ano.
Na sexta-feira (8), o presidente dos EUA, Joe Biden, autorizou um novo saque de US$ 400 milhões (R$ 2,1 bilhões) em assistência militar adicional à Ucrânia.
O chanceler alemão, Olaf Scholz (à esquerda), aperta a mão do presidente ucraniano, Vladimir Zelensky (à direita), enquanto o presidente francês, Emmanuel Macron, sorri, no Palácio Mariinsky, em Kiev, na Ucrânia, em 16 de junho de 2022 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 09.07.2022
Panorama internacional
Ucrânia demite embaixador que gerou revolta na Alemanha; diplomatas de mais 8 países também caíram
Com o novo pacote milionário, ajuda militar dos EUA à Ucrânia já totaliza US$ 7,32 bilhões (R$ 38,47 bilhões) desde que a Rússia lançou sua operação militar especial no país, segundo o comunicado.
O Departamento de Defesa dos EUA disse que o pacote de ajuda inclui quatro sistemas de foguetes de artilharia de alta mobilidade (HIMARS), 1.000 rodadas de munições de artilharia de 155 milímetros com maior capacidade de precisão, sistemas de contra-bateria e outros equipamentos.
A Rússia lançou sua operação militar especial na Ucrânia em 24 de fevereiro, depois que as Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk (RPD e RPL) pediram ajuda para se defenderem da intensificação dos ataques das tropas ucranianas.
Em resposta à operação da Rússia, os países ocidentais lançaram uma ampla campanha de sanções contra Moscou e forneceram armas para a Ucrânia.
Bandeiras dos Estados Unidos e da União Europeia no edifício do Parlamento Europeu em Bruxelas (foto de arquivo)  - Sputnik Brasil, 1920, 09.07.2022
Panorama internacional
EUA e aliados estariam discutindo formas de terminar conflito na Ucrânia, escreve jornal alemão
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала