Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Moldávia trabalha em nova estratégia de segurança e conta com a ajuda de aliados ocidentais

© Sputnik / Rodion Proka / Abrir o banco de imagensBandeiras nacionais da Moldávia e da União Europeia em uma coletiva em Chisinau da presidente moldava Maia Sandu sobre a concessão à Moldávia do status de país candidato ao ingresso na União Europeia
Bandeiras nacionais da Moldávia e da União Europeia em uma coletiva em Chisinau da presidente moldava Maia Sandu sobre a concessão à Moldávia do status de país candidato ao ingresso na União Europeia  - Sputnik Brasil, 1920, 09.07.2022
Nos siga noTelegram
A Moldávia está desenvolvendo uma nova estratégia de segurança que será finalizada nos próximos meses, com as autoridades do país contando com o apoio dos EUA e aliados europeus, disse no sábado (9) o presidente do Parlamento moldavo, Igor Grosu.
"No momento, estamos trabalhando diligentemente em uma nova estratégia de segurança para a Moldávia, levando em consideração as realidades geopolíticas e oportunidades econômicas do país. É um documento complexo e multifacetado, que esperamos seja concluído em alguns meses", disse Grosu.
A presidente da Moldávia Maia Sandu em uma coletiva de imprensa após a reunião com o presidente francês Emmanuel Macron em Chisinau, 24 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 30.06.2022
Panorama internacional
Moldávia pode se reunir com Romênia para acelerar adesão à UE, diz analista
Segundo ele, a segurança nacional não se restringe apenas à proteção militar, mas implica também cuidar da segurança dos cidadãos.
"Certamente precisamos de ajuda. Temos muitos amigos confiáveis ​​na Europa e nos Estados Unidos e somente juntos superaremos todos os desafios", acrescentou Grosu, observando que a Moldávia não tem planos de ofensivas militares.
Em maio, a secretária de Relações Exteriores do Reino Unido, Liz Truss, disse que os Estados-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) estavam discutindo a possibilidade de fornecer armas à Moldávia.
Chanceler russo, Sergei Lavrov fala durante coletiva de imprensa ao lado do ministro das Relações Exteriores da Eritreia, Osman Saleh, em Moscou, Rússia, 27 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 24.06.2022
Panorama internacional
Lavrov: UE virou uma união antirrussa exigindo que outros se envolvam em decisões contra Moscou
Segundo Truss, essa medida visa proteger o país da ameaça de uma possível operação russa.
A prontidão para fornecer assistência militar à Moldávia também foi expressa por representantes dos EUA e pelo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.
O Ministério das Relações Exteriores da Rússia, por sua vez, disse que os planos da OTAN de fornecer armas a Chisinau levantaram dúvidas em Moscou sobre a real intenção por trás deles.
Presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky, durante a reunião com os líderes da UE em Kiev, 16 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 23.06.2022
Panorama internacional
Solidariedade da UE à Ucrânia 'é uma farsa', escreve The Spectator
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала