Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Atirador diz que matou Shinzo Abe por problemas financeiros da mãe

© AP Photo / Ajit SolankiHomem segura uma vela e uma foto de Shinzo Abe durante uma reunião de oração
Homem segura uma vela e uma foto de Shinzo Abe durante uma reunião de oração - Sputnik Brasil, 1920, 09.07.2022
Nos siga noTelegram
Tetsuya Yamagami, de 41 anos, acreditava que Abe era ligado a um grupo religioso que levou sua mãe à ruína financeira.
O homem que matou a tiros o ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe afirmou que realizou o atentado por acreditar que Abe tinha ligação com um grupo religioso que ele culpava pela ruína financeira da mãe.
Tetsuya Yamagami, de 41 anos, passou meses planejando o atentado como uma retaliação ao ex-primeiro-ministro. Em depoimento à polícia, ele disse acreditar que Abe promoveu um grupo religioso para o qual sua mãe realizou diversas doações, que acabaram por levá-la à falência. O nome do grupo não foi divulgado. As informações foram divulgadas pela polícia neste sábado (9).
Presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky, durante a conferência de imprensa do Quarteto da Normandia, em 9 de dezembro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2022
Panorama internacional
Shinzo Abe: se Zelensky recusasse aderir à OTAN, desse autonomia a Donbass, não haveria hostilidades
Segundo noticiou a Reuters, Yamagami usou no atentado uma arma fabricada em casa, com canos de aço, fita adesiva e peças compradas na internet. Outras armas artesanais foram encontradas pela polícia em uma busca no apartamento de Yamagami.
Primeiro-ministro japonês que mais tempo esteve no poder, Shinzo Abe foi assassinado na última sexta-feira (8), quando fazia um discurso na cidade de Nara. O discurso fazia parte de um evento organizado em apoio a um candidato do Partido Liberal Democrático. O assassinato ocorreu apenas dois dias antes das eleições para a câmara alta do parlamento do país.
Lideranças políticas de vários países lamentaram o episódio e expressaram condolências ao povo japonês.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала