Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ex-primeiro-ministro japonês é baleado

© AP Photo / Koji SasaharaEx-primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe (foto de arquivo)
Ex-primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 08.07.2022
Nos siga noTelegram
O ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe foi baleado na cidade de Nara, de acordo com a cadeia de informações japonesa NHK.
Shinzo Abe foi baleado e gravemente ferido enquanto fazia campanha na sexta-feira (7) no sul do Japão, segundo a NHK.
O corpo de bombeiros local informou que Abe esteve em estado de "parada cardiorrespiratória", e autoridades de emergência dizem que ele foi levado ao hospital sem sinais vitais.
© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensO então premiê japonês, Shinzo Abe, e o presidente russo, Vladimir Putin, durante uma ligação de vídeo à tripulação da Estação Espacial Internacional, no Kremlin
Premiê japonês, Shinzo Abe, e o presidente russo, Vladimir Putin, durante uma ligação de vídeo à tripulação da Estação Espacial Internacional no Kremlin - Sputnik Brasil, 1920, 08.07.2022
O então premiê japonês, Shinzo Abe, e o presidente russo, Vladimir Putin, durante uma ligação de vídeo à tripulação da Estação Espacial Internacional, no Kremlin
As eleições para o Parlamento japonês são domingo (10). Abe, de 67 anos, que renunciou em 2020, fazia campanha para outros membros do Partido Liberal Democrata, mas não é candidato.
Em breves comentários, o chefe de gabinete de Shinzo Abe, Hirokazu Matsuno, disse que a condição de Abe permanece "desconhecida" e que uma pessoa foi presa em relação ao tiroteio.
A violência armada é extremamente rara no Japão, onde as armas de mão são proibidas e as pessoas devem passar por extensos testes, treinamento e verificação de antecedentes para obter e manter espingardas e rifles.
Presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky, durante a conferência de imprensa do Quarteto da Normandia, em 9 de dezembro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2022
Panorama internacional
Shinzo Abe: se Zelensky recusasse aderir à OTAN, desse autonomia a Donbass, não haveria hostilidades
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала