Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Grupo de hackers russo RaHDit vaza dados de mais 2.500 oficiais de inteligência ucraniana

© SputnikPlaca no prédio do Serviço de Segurança da Ucrânia em Kiev
Placa no prédio do Serviço de Segurança da Ucrânia em Kiev - Sputnik Brasil, 1920, 08.07.2022
Nos siga noTelegram
O grupo de hackers russo RaHDit publicou dados de mais 2.500 oficiais da Direção-Geral de Inteligência (GUR, na sigla em ucraniano) da Ucrânia e de indivíduos vinculados a eles.
Segundo o grupo, a informação divulgada contém caraterísticas dos funcionários da GUR, entre eles estão viciados em drogas, criminosos por roubo, tráfico ilegal de armas e drogas, inflição de ferimentos corporais graves e estupro.
Entre os funcionários da inteligência ucraniana estão ex-condenados e viciados em drogas, demonstram os dados divulgados pelos hackers do RaHDit
Além disso, os hackers publicaram dados sobre familiares dos espiões e de pessoas que vivem com eles, bem como indivíduos que receberam pagamentos de contas da GUR. Entretanto, o RaHDit disse à Sputnik que não planeja vazar informações sobre menores de idade.
O RaHDit notou também que entregou os dados às entidades de segurança.
A primeira parte dos dados foi divulgada na Internet em 6 de julho, que continha informação sobre 1.000 funcionários da GUR e 700 oficiais do Serviço de Segurança da Ucrânia. Foram divulgados dados dos representantes das residências diplomáticas da Ucrânia na Rússia, Índia, Áustria, Vietnã, África do Sul, Itália, Turquia e Irã, bem como dados dos curadores da atividade de inteligência militar ucraniana na Polônia, Hungria, Bulgária e Eslováquia.
Trata-se do maior vazamento dos dados da inteligência ucraniana desde o início da operação especial russa na Ucrânia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала