Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

MRE russo: Moscou e América Latina encontram formas de manter laços apesar das sanções

© AP Photo / Leo CorreaMinistro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, durante uma de suas muitas visitas ao Brasil, em 26 de julho de 2019
Ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, durante uma de suas muitas visitas ao Brasil, em 26 de julho de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 07.07.2022
Nos siga noTelegram
Aleksandr Shchetinin, diretor do Departamento da América Latina do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, falou com a Sputnik na quarta-feira (6).
De acordo com o diplomata, a Rússia e os países latino-americanos estão encontrando maneiras de continuar a cooperação econômica e política apesar das sanções ocidentais.
"É importante que, ao lado de muitos países da região da América Latina e do Caribe, encontremos conjuntamente caminhos e oportunidades para continuar a cooperação nessas situações, mecanismos para promover esses vínculos que atendam a interesses mútuos", afirmou.
Ele declarou que as restrições que os países do Ocidente estão tentando impor ao mundo inteiro, "inclusive bloqueando oportunidades significativas nos setores financeiro, energético e alimentar", pretendem criar um ambiente hostil.
Ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos França, durante conferência de imprensa conjunta com seu homólogo russo, Sergei Lavrov, em Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 06.07.2022
Notícias do Brasil
Brasil defende multilateralismo e independência do Ocidente ao apoiar Rússia no G20, diz analista
Segundo o diplomata, entre as áreas de cooperação com a América Latina está a da agricultura, com projetos na direção da garantia das seguranças alimentar e energética.

"É de fundamental importância que os países latino-americanos não se unam à pressão das sanções exercida pelos países ocidentais, especialmente depois de fevereiro deste ano. Essas são as bases sobre as quais nossos laços mutuamente benéficos existem e continuarão a se desenvolver no futuro", disse Shchetinin.

Aleksandr Shchetinin explicou que a recente cúpula do BRICS (agrupamento formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) mostrou aos países do mundo uma abordagem alternativa para a cooperação internacional na qual muitos Estados estão interessados.
Para ele, os cinco países do BRICS devem discutir de forma independente e tranquila como veem o futuro do grupo, levando em conta os novos pedidos de adesão.
Os líderes dos países do BRICS participam de encontro do bloco em Brasília, Brasil, 14 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2022
Panorama internacional
Kremlin sobre desejo da Argentina de aderir ao BRICS: Moscou apoia expansão da organização
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала