Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

ONU: fome severa ou moderada afetou 2,3 bilhões em 2021

© AP Photo / Hassan AmmarCrianças buscam objetos de valor em uma lixeira perto de um mercado em Beirute, Líbano
Crianças buscam objetos de valor em uma lixeira perto de um mercado em Beirute, Líbano - Sputnik Brasil, 1920, 06.07.2022
Nos siga noTelegram
Relatório alerta que cenário da fome pode se agravar diante do conflito entre Rússia e Ucrânia e das sanções contra Moscou adotadas pelo Ocidente.
A fome severa ou moderada afetou 828 milhões de pessoas ao redor do mundo em 2021, o que elevou para 2,3 bilhões o número de pessoas atualmente afetadas pela insegurança alimentar. O número representa 29,3% da população global.
O dado é de um relatório publicado nesta quarta-feira (6) pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, na sigla em inglês), em parceria com o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF, na sigla em inglês), o Programa Mundial de Alimentos (PMA) e a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Segundo o documento, os dados refletem os impactos da pandemia de COVID-19, que estagnou os esforços da Organização das Nações Unidas (ONU) para cumprir a meta de cessar a pobreza extrema e a fome severa até 2030.
Bandeiras dos Estados-membros do G7, foto publicada em 6 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.06.2022
Panorama internacional
Oxfam: 'G7 está deixando milhões passando fome' com grande falta de financiamento contra fome global
Segundo o relatório, 8% da população (cerca de 670 milhões de pessoas) sofrerão com a fome severa até o fim desta década. A projeção representa um retrocesso aos patamares de 2015. E o cenário pode se agravar por conta do conflito entre Rússia e Ucrânia e das sanções contra Moscou adotadas pelo Ocidente, que afetaram a cadeia global de alimentos.
O documento ressalta que, somado aos eventos climáticos extremos cada vez mais frequentes, o conflito pode ter implicações potencialmente preocupantes para a insegurança alimentar, afetando especialmente países de baixa renda.
Outro dado apontado pelo relatório é a lacuna de gênero na insegurança alimentar. Cerca de 32% da população feminina global foi afetada pela fome severa ou moderada em 2021, enquanto o percentual entre homens ficou em 27,6%.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала