Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Lavrov comenta divulgação de conversa entre Putin e Macron: ética não permite vazamento de conversas

© Sputnik / Assessoria de Imprensa do Ministério das Relações Exteriores da Rússia / Abrir o banco de imagensO ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, participa de reunião com seu equivalente armênio, o chanceler Ararat Mirzoyan, em Moscou, 8 de abril de 2022
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, participa de reunião com seu equivalente armênio, o chanceler Ararat Mirzoyan, em Moscou, 8 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 06.07.2022
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, comentou a divulgação de trechos de uma conversa telefônica entre o presidente russo Vladimir Putin e o líder francês Emmanuel Macron, dizendo que a ética diplomática não permite o vazamento de conversas gravadas.
"Acredito que a ética diplomática não permite tal vazamento unilateral de conversas gravadas", afirmou o ministro aos jornalistas no final de sua visita ao Vietnã.
Lavrov também acrescentou que na prática russa só houve um caso em que o Ministério das Relações Exteriores divulgou uma gravação das negociações com os ministros das Relações Exteriores da França e da Alemanha, com os quais a Rússia cooperava no âmbito do Formato Normandia e os quais Moscou tentava convencer para que Kiev cumprisse os acordos de Minsk.
Ao mesmo tempo, Lavrov salientou que, quando Moscou publicou os detalhes das negociações com seus homólogos da França e da Alemanha, estes tinham sido avisados sobre tal decisão, mas não reagiram.

"Contudo, antes de publicarmos o conteúdo de minhas negociações com meus colegas franceses e alemães, avisamos três vezes que, se não obtivéssemos uma explicação clara sobre a razão pela qual eles estavam rejeitando documentos aprovados com sua participação direta, teríamos de tornar as negociações públicas", disse o ministro.

Chanceler russo, Sergei Lavrov fala durante coletiva de imprensa ao lado do ministro das Relações Exteriores da Eritreia, Osman Saleh, em Moscou, Rússia, 27 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 24.06.2022
Panorama internacional
Lavrov: UE virou uma união antirrussa exigindo que outros se envolvam em decisões contra Moscou
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала