Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia abre rotas seguras para navios que saem de Mariupol, Kherson e Odessa

© AP Photo / Efrem LukatskyGuindastes portuários na costa sul do mar de Azov, em Mariupol, na Ucrânia, em 2 de dezembro de 2018 (foto de arquivo)
Guindastes portuários na costa sul do mar de Azov, em Mariupol, na Ucrânia, em 2 de dezembro de 2018 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 05.07.2022
Nos siga noTelegram
Em novo gesto para garantir o escoamento dos portos de Mariupol, Kherson e Odessa, a Rússia anunciou a abertura de rotas seguras.
Os navios que desejam deixar o porto de Mariupol, no mar de Azov, ou os portos de Kherson ou Odessa, no mar Negro, podem fazê-lo por duas rotas marítimas humanitárias, disse um alto oficial militar russo nesta terça-feira (5).
O coronel-general Mikhail Mizintsev, chefe do Centro Nacional de Gerenciamento de Defesa da Rússia, disse a repórteres que a hidrovia de 2 milhas náuticas do porto de Mariupol, no mar de Azov, se estenderá por 115 milhas até o mar Negro. A passagem segura será garantida 24 horas por dia.
A rota do mar Negro de 3 milhas de largura, a partir dos portos de Kherson e Odessa, se estenderá a sudoeste por 139 milhas.
Vale lembrar que, na última quinta-feira (30 de junho), o Ministério da Defesa da Rússia informou que as forças russas completaram a missão na ilha Zmeiny e, "em um gesto de boa vontade", retiraram sua guarnição, no mesmo dia.
A Defesa russa especificou que, ao retirar suas tropas da ilha, Moscou demonstra que não está criando obstáculos aos esforços da Organização das Nações Unidas (ONU) para viabilizar um corredor marítimo que permita a exportação de produtos agrícolas da Ucrânia.
Transporte para Sevastopol dos militares ucranianos da ilha Zmeiny que se entregaram à Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 30.06.2022
Panorama internacional
Em gesto de boa vontade, forças russas completam missão na ilha Zmeiny e retiram guarnição, diz MD
O ministério ressaltou que "tal decisão não permitirá Kiev a especular no tema da iminente crise alimentar, alegando a impossibilidade de retirar os grãos do país devido ao controle total da parte noroeste do mar Negro pela Rússia".
O governo russo tem sido constantemente acusado pelos EUA e seus aliados na União Europeia de provocar uma crise global no preço do trigo. Moscou argumenta que é preciso fazer a desminagem dos portos feita por Kiev, e que corredores humanitários estão sendo abertos.
Recentemente, Vladimir Putin ressaltou que as medidas devem ser tomadas agora, para que a situação nos mercados mundiais não se torne "trágica", e acrescentou que a Rússia mantém contatos de trabalho próximos com entidades da ONU sobre as questões de grãos ucranianos.
Posto de controle de militares da República Popular de Donetsk, na região de Kherson, Ucrânia, 5 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 18.06.2022
Panorama internacional
Região de Kherson pronta para conexão de trem de passageiros com a Crimeia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала