Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Porta-voz de Putin: Ministério da Defesa vai responder ao ingresso da Finlândia e Suécia na OTAN

© AP Photo / Johanna GeronBandeiras da Finlândia (à esquerda), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN, no centro) e da Suécia durante cerimônia de comemoração de inscrição à adesão à aliança militar em Bruxelas, Bélgica, 18 de maio de 2022
Bandeiras da Finlândia (à esquerda), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN, no centro) e da Suécia durante cerimônia de comemoração de inscrição à adesão à aliança militar em Bruxelas, Bélgica, 18 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 05.07.2022
Nos siga noTelegram
O porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, afirmou que o Ministério da Defesa da Rússia tem planos de garantir a segurança do país em meio à adesão da Finlândia e Suécia à OTAN.
O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, anunciou na terça-feira (5) o início do processo de ratificação dos protocolos de adesão da Finlândia e Suécia à Aliança Atlântica. Anteriormente, o prefeito da cidade de Lappeenranta, Finlândia, Kimmo Jarva, sugeriu implantar na localidade uma base militar da OTAN.
Respondendo à pergunta se o Kremlin pensa responder à implantação de uma base da OTAN junto da fronteira com a Rússia e que medidas de retaliação Moscou pode tomar, o porta-voz de Vladimir Putin, Dmitry Peskov, disse o seguinte:
"Tais variantes estão sendo elaboradas não pelo Kremlin, mas pelo Ministério da Defesa. Já comunicamos inúmeras vezes que existem esses planos e que está sendo conduzido um trabalho para garantir a nossa segurança".
Peskov lembrou que o presidente russo já tinha comentado a adesão da Finlândia e Suécia à OTAN, dizendo que a adesão em si não representa perigo para a Rússia, mas que o país teria de tomar medidas em resposta a um eventual deslocamento da infraestrutura militar da aliança nos países nórdicos.
Soldados europeus da OTAN na Europa Oriental - Sputnik Brasil, 1920, 03.07.2022
Panorama internacional
Finlândia sugere implantação de base da OTAN na fronteira russa, diz mídia

Peskov: militares russos estão na Síria a convite das autoridades, não é o caso dos EUA

Dmitry Peskov também salientou que existe uma diferença fundamental entre a presença na Síria dos militares russos e norte-americanos: as tropas da Rússia atuam a convite das autoridades locais, enquanto as dos EUA não.

"É de relembrar que, na realidade, existe uma diferença fundamental entre a presença [na Síria] dos americanos e a nossa. Nossas tropas atuam lá a convite [das autoridades locais], em estrita conformidade com o direito internacional. Os EUA não têm tal convite. É muito importante entendê-lo", respondeu Peskov às perguntas dos jornalistas sobre o agravamento das tensões entre os militares russos e americanos na Síria.

Ao falar sobre o agravamento das tensões em geral entre os militares dos dois países, o porta-voz sugeriu colocar a pergunta ao Ministério da Defesa.
Em Damasco, o presidente da Síria, Bashar Assad, participa de um encontro com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em 7 de janeiro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 30.06.2022
Panorama internacional
Kiev rompe relações diplomáticas com Síria por causa do reconhecimento de Donetsk e Lugansk
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала