Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Em missão crucial para retornar à Lua, NASA perde contato com sonda lunar

© AP Photo / Steve Gribben / Johns Hopkins APL / NASAA sonda Parker Solar Probe voou através da atmosfera superior da nossa estrela e coletou amostras de partículas e campos magnéticos
A sonda Parker Solar Probe voou através da atmosfera superior da nossa estrela e coletou amostras de partículas e campos magnéticos - Sputnik Brasil, 1920, 05.07.2022
Nos siga noTelegram
Engenheiros da NASA estão esperançosos de que ainda é possível consertar o problema que causou a perda de contato da sonda CAPSTONE e resgatar a missão considerada crucial para o retorno à Lua.
A sonda Cislunar Autonomous Positioning System Technology Operations and Navigation Experiment (CAPSTONE) "enfrentou problemas de comunicação enquanto estava em contato com a Deep Space Network", disse a porta-voz da NASA, Sarah Frazier, nesta terça-feira (5).
A sonda "perdida" testa uma abordagem orbital para o programa Artemis. Ela apresentou problema de comunicação um dia depois de deixar a órbita baixa da Terra, afirmou a agência espacial dos EUA.
O comunicado da NASA acrescenta que a equipe está "trabalhando para entender a causa e restabelecer o contato", acrescentando que eles têm "bons dados de trajetória" com base nos contatos anteriores da CAPSTONE com a rede.
Além disso, a sonda "tem combustível suficiente para atrasar a manobra inicial de correção da trajetória pós separação por vários dias", se necessário.
 Cerimônia de Assinatura do Acordo Brasil - EUA: Programa Lunar NASA ARTEMIS (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 28.06.2022
Panorama internacional
Artemis da NASA custará mais de US$ 4 bi por missão e auditoria dos EUA o rotula como insustentável
A sonda de US$ 32 milhões (R$ 172,3 milhões), que pesa cerca de 25 quilos, foi lançada da Nova Zelândia em 28 de junho. A missão parecia estar indo bem, até a CAPSTONE ser impulsionada da órbita da Terra para uma trajetória de transferência lunar balística.

O plano da NASA

A CAPSTONE foi lançada para servir como um desbravador para a planejada estação espacial lunar Gateway da NASA, testando uma órbita lunar incomum que é fundamental para o programa lunar Artemis da agência.
A sonda também foi projetada para medir o ambiente de radiação do espaço profundo e testar técnicas que um dia podem determinar a localização exata de uma espaçonave em órbita lunar sem depender de rastreamento baseado na Terra.
Finalmente, a CAPSTONE foi lançada em uma trajetória que a levará a mais de mais de três vezes a distância entre a Terra e a Lua, até chegar a um ponto em que possa deslizar para a "órbita de halo quase retilínea" (NRHO, na sigla em inglês), em torno dos polos da Lua.
O astronauta Aldrin anda sobre a superfície da lua durante a missão Apollo 11 - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2021
Notícias do Brasil
Artemis: Brasil assina cooperação com novo programa da NASA para enviar humanos à Lua
A NRHO está localizada no ponto de equilíbrio preciso entre a Terra e as gravidades lunares e requer "energia mínima para manter" possíveis espaçonaves.
Essa proximidade da órbita com a superfície lunar também significa que uma espaçonave voando para a Lua precisará de menos combustível, tornando-a "uma área de preparação ideal para missões à Lua e além", de acordo com a agência espacial dos EUA.
A CAPSTONE deveria "demonstrar a confiabilidade de soluções inovadoras de navegação de nave para espaçonave, bem como recursos de comunicação com a Terra", conclui a NASA
Originalmente destinado a pousar uma tripulação humana na Lua até 2024, o programa Artemis foi adiado devido à falta de financiamento, embora a NASA busque apoio no Congresso e alguns parlamentares sustentem que os EUA devem chegar à Lua antes da China.
Conceito do Radiotelescópio da Cratera Lunar  no lado oculto da Lua - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
Sociedade e cotidiano
China planeja enviar nave espacial para analisar regiões sombreadas da Lua em busca de água
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала