Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Governador: Rússia poderia destruir metade da economia da Lituânia ante bloqueio a Kaliningrado

© Foto / Pixabay / KmariusVista aérea da cidade de Vilnius, capital da Lituânia
Vista aérea da cidade de Vilnius, capital da Lituânia
 - Sputnik Brasil, 1920, 04.07.2022
Nos siga noTelegram
Moscou poderia destruir metade da economia da Lituânia em resposta ao bloqueio comercial parcial à região russa de Kaliningrado, disse o governador do enclave Anton Alikhanov.
"O setor de transportes dos Estados Bálticos pode ser destruído se a Rússia implementar contrassanções às mercadorias que entram e saem dos Estados Bálticos", afirmou Alikhanov nesta segunda-feira (4) ao jornal Vedomosti.
"Rússia poderia fazer metade da economia lituana desaparecer", observou o político.
"Há uma impressão de que a Lituânia não entende que a região de Kaliningrado paz parte da Rússia, e que temos alguém para nos ajudar. Não estamos sozinhos diante do problema."
Kaliningrado é um pequeno enclave russo situado entre a Lituânia e a Polônia, ambos países-membros da União Europeia e da OTAN.
O governador da região disse que o "bloqueio" prejudica a região, que depende do livre fluxo de materiais de construção, entre outros bens. "Sim, a proibição não inclui alimentos, mas sem concreto não podemos construir escolas ou hospitais.
Portanto, é um problema para a existência normal de mais de um milhão de pessoas e para a economia da nossa região", concluiu.
Bairro residencial às margens do rio Pregoli, na cidade de Kaliningrado - Sputnik Brasil, 1920, 28.06.2022
Panorama internacional
Especialista explica como Lituânia atraiu a OTAN para armadilha com bloqueio de Kaliningrado
Na semana passada, Dmitry Medvedev, ex-presidente russo e vice-presidente do Conselho de Segurança do país, afirmou que a resposta de Moscou à proibição do trânsito de mercadorias para a região de Kaliningrado será "muito dura" e "capaz de cortar oxigênio aos vizinhos bálticos".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала