Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Japão propõe reduzir preço máximo do petróleo da Rússia em 2 vezes

© Sputnik / Maksim BogodvidBombeamento de petróleo na região de Alimetievsk, república de Tatarstan, Rússia, foto publicada em 11 de março de 2022
Bombeamento de petróleo na região de Alimetievsk, república de Tatarstan, Rússia, foto publicada em 11 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 03.07.2022
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro do Japão acedeu à ideia de limitar o preço do petróleo vendido pela Rússia, que diz ser uma punição para o país pela sua operação militar especial.
O teto de preço do petróleo russo pode ser fixado na metade de seu valor atual, criando um mecanismo para desencorajar sua compra a um custo maior do que a limitação, sugeriu no domingo (3) Fumio Kishida, primeiro-ministro do Japão.
Kishida falou em Tóquio participando da campanha eleitoral para a câmara alta do Parlamento, onde lembrou um comunicado conjunto emitido após a cúpula do G7 no final de junho, escreve a agência japonesa Kyodo.
Petroleiro (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 28.06.2022
Panorama internacional
G7 quer proibir transporte marítimo de petróleo russo caso Moscou discorde de teto de preços
O comunicado afirma que o esquema de teto do preço do petróleo russo poderia ser implementado através de opções como permitir que o petróleo bruto e produtos derivados russos sejam enviados para todo o mundo somente se forem comprados a um preço não superior ao limite acordado.
"Estamos enfrentando uma situação grave, na qual a ordem de paz está sendo abalada. Devemos mostrar que a agressão vem com um preço pesado", apontou o premiê.
Os países ocidentais têm imposto várias sanções à Rússia depois que ela começou uma operação militar especial na Ucrânia, incluindo fortes restrições de importação energética para reduzir as receitas de Moscou. Especialistas citam ceticismo da capacidade de o Ocidente reduzir efetivamente o preço do petróleo vendido pela Rússia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала