Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Reuters: petroleiro de bandeira iraniana liberado na Grécia mais de 2 meses após confisco

© AP Photo / Thanassis StavrakisPetroleiro Lana junto do porto Karystos na ilha de Evia, Grécia, 27 de maio de 2022
Petroleiro Lana junto do porto Karystos na ilha de Evia, Grécia, 27 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 02.07.2022
Nos siga noTelegram
As autoridades gregas informaram ter libertado o navio Lana por dificuldades em determinar a quem pertence, com a demora também justificada pelo atraso no pagamento dos serviços de reboque.
Um petroleiro de bandeira iraniana está sendo rebocado no sábado (2) em direção ao porto de Pireu, Grécia, tendo sido liberado depois que foi apreendido em abril por Atenas e parte de sua carga foi confiscada pelos EUA, relata a agência britânica Reuters.
"Ele deixou Karystos às 06h30 [horário local, 23h30 em Brasília], e é esperado que chegue a Pireu cerca das 10h00 [horário local, 03h00 em Brasília]", contou no sábado (2) um funcionário da Guarda Costeira da Grécia, citado pela agência.
O Lana, que carregava petróleo, foi apreendido com base nas sanções dos EUA, que declararam o navio como sendo de propriedade de uma empresa russa sancionada, em meio à operação militar especial da Rússia na Ucrânia. Washington também afirmou que a venda do petróleo era destinada a financiar o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) e a respetiva Força Quds, entidades igualmente sancionadas pelos EUA. O navio permaneceu ao largo da ilha grega de Evia por mais de dois meses.
Navio militar iraniano em foto divulgada pela Marinha do Irã em 10 de junho 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.05.2022
Panorama internacional
EUA apreendem carga de petróleo do Irã contido em navio operado pela Rússia, diz Reuters
Em resposta às ações, o Irã confiscou em maio dois petroleiros gregos, levando ao protesto da Grécia e da União Europeia.
Como explica a Reuters, a apreensão foi revertida após recurso de uma empresa iraniana, com os juízes determinando que os proprietários do navio mudaram em 1º de abril, duas semanas antes de os EUA enviarem a solicitação de confisco.
No entanto, o navio continuou detido na ilha grega devido a dívidas relativamente a serviços de reboque. O Lana teria sido agora liberado após o pagamento e tem direito a recuperar a carga confiscada. Atualmente ainda não se sabe se o fez ou se os EUA e Grécia abriram recurso da decisão.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала