Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Lukashenko diz que Belarus interceptou ataques com mísseis da Ucrânia

© Sputnik / Vitaly AnkovO presidente belarusso, Aleksandr Lukashenko, gesticula durante evento em Vladivostok, na Rússia, 13 de abril de 2022
O presidente belarusso, Aleksandr Lukashenko, gesticula durante evento em Vladivostok, na Rússia, 13 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 02.07.2022
Nos siga noTelegram
O presidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, disse neste sábado (2) que os sistemas de defesa aérea do país interceptaram mísseis disparados pelas forças armadas ucranianas.
"Há três dias ou mais, eles [Ucrânia] lançaram mísseis do território ucraniano em uma tentativa de atacar instalações militares em Belarus, mas os sistemas Pantsir interceptaram todos os mísseis", disse o presidente.
Ele entende que existe uma provocação destinada a atrair seu país para uma guerra, e acrescentou que não havia "botas belarussas" em território ucraniano e que ele não deseja fazer parte do conflito.

"Não queremos lutar na Ucrânia. Não há absolutamente nenhuma necessidade nesta guerra aqui", disse Lukashenko.

O presidente afirmou em seguida que ordenou, há menos de um mês, que suas forças armadas que alvejassem o "centro de tomada de decisões" nas capitais dos países que Minsk vê como seus inimigos, e os alertou sobre uma resposta "instantânea" a um possível ataque.
Esta não foi a primeira vez que Minsk falou de "ações provocativas" por parte de Kiev desde o início da operação especial de Moscou na Ucrânia. No último dia 23, a delegação de Belarus informou que, apenas em maio, drones da Ucrânia violaram sua fronteira 17 vezes.
Presidente dae Belarus, Aleksandr Lukashenko (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 25.06.2022
Panorama internacional
'Declaração de guerra', diz Lukashenko sobre bloqueio da Lituânia a Kaliningrado
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала