Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Casa Branca fala em proteger 'futuro da ordem mundial liberal' em resposta aos preços da gasolina

© AP Photo / Ted ShaffreyCaminhões e carros passam ao lado de placar exibindo os preços do combustível em Bath, Nova York, EUA, 20 de junho de 2022
Caminhões e carros passam ao lado de placar exibindo os preços do combustível em Bath, Nova York, EUA, 20 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 02.07.2022
Nos siga noTelegram
O assessor econômico de Joe Biden defendeu a salvação da "ordem mundial liberal" em meio às críticas sobre os preços da gasolina, que têm atingido níveis recorde nos EUA.
Brian Deese, principal assessor econômico de Joe Biden, presidente dos EUA, afirmou que os americanos terão que suportar os altos preços da gasolina por um período prolongado, possivelmente anos.
"O que vocês ouviram hoje [1º] do presidente foi uma clara articulação dos interesses em jogo. Trata-se do futuro da ordem mundial liberal, e temos que permanecer firmes", disse Deese em entrevista à CNN, em referência à declaração de Biden de que os cidadãos americanos continuarão pagando mais pelo gás "enquanto for preciso" para pôr fim ao conflito na Ucrânia.
Deese declarou ser necessário entender que o processo é uma "transição" para "progressos econômicos históricos", o que supostamente acontecerá sob a administração Biden.
"E também lembrar ao povo americano que, mesmo enquanto atravessamos este período desafiador, mesmo enquanto passamos por esta transição, também fizemos progressos econômicos históricos, e isso não é para sugerir que as pessoas não devem sentir a ansiedade que sentem", defendeu ele.
Plataforma de perfuração de petróleo e de queima de gás da empresa petrolífera Gazprom Neft na Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 19.06.2022
Panorama internacional
Após sanções impostas à Rússia, EUA pedem a produtores que aumentem geração de petróleo e gás
O assessor econômico da Casa Branca elogiou os esforços do presidente dos EUA em reduzir os preços dos combustíveis e os planos para colocar um teto nos preços do petróleo russo, apesar do embargo americano. O alto funcionário mencionou ainda que os preços já caíram 20 cêntimos desde o auge, apesar de se apressar a admitir que ainda estavam inaceitavelmente altos.
Os preços da gasolina e a alta da inflação, que Biden diz ser culpa do "imposto de Putin", continuam sendo as críticas principais à presidência de Joe Biden e as razões por trás da queda de sua taxa de aprovação, apesar da subida dos preços ter começado meses antes da operação militar especial russa na Ucrânia. Quase 70% dos americanos estão descontentes com a forma como Biden lida com a economia, enquanto 85% acreditam que o país está indo na direção errada.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала