Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Pyongyang: surto local de COVID-19 teve início em vila próxima à Coreia do Sul

© AP Photo / Jon Chol JinNesta foto de arquivo de 5 de fevereiro de 2021, um funcionário do Centro de Higiene e Antiepidemia no distrito de Phyongchon desinfeta o corredor de um prédio em Pyongyang, na Coreia do Norte
Nesta foto de arquivo de 5 de fevereiro de 2021, um funcionário do Centro de Higiene e Antiepidemia no distrito de Phyongchon desinfeta o corredor de um prédio em Pyongyang, na Coreia do Norte - Sputnik Brasil, 1920, 01.07.2022
Nos siga noTelegram
Nesta sexta-feira (1º), as autoridades norte-coreanas afirmaram que o surto local de COVID-19 teve início na vila de Ipho, localizada na região sul do país, próximo da fronteira sul-coreana.
De acordo com que publicou a agência norte-coreana KCNA, um soldado de 18 anos e uma criança de cinco anos podem ser o "paciente zero" do surto no país, que até recentemente não havia registrado casos da doença.
Os suspeitos de terem sido os primeiros infectados pelo vírus SARS-CoV-2 na Coreia do Norte teriam tido contato com "coisas estrangeiras" antes de apresentarem os sintomas da doença e serem diagnosticados.
© AP Photo / KRTO presidente norte-coreano, Kim Jong-un, usa uma máscara de proteção durante encontro, após a descoberta de um surto de COVID-19 na capital Pyongyang, Coreia do Norte, 12 de maio de 2022
O presidente norte-coreano, Kim Jong-un, usa uma máscara de proteção durante encontro, após a descoberta de um surto de COVID-19 na capital Pyongyang, Coreia do Norte, 12 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.07.2022
O presidente norte-coreano, Kim Jong-un, usa uma máscara de proteção durante encontro, após a descoberta de um surto de COVID-19 na capital Pyongyang, Coreia do Norte, 12 de maio de 2022
Com a chegada e o rápido avanço da pandemia no país, Pyongyang teria inclusive adiado testes de armas. A China tem sido um dos principais apoiadores do país na luta contra vírus e declarou apoio total à Coreia do Norte para a superação da crise sanitária.
Desde o início do surto de COVID-19, no final de abril, a Coreia do Norte já registrou mais de 4,7 milhões de "casos de febre" no país, segundo informe da KCNA. A agência não cita mortes, mas afirma que 99,83% desses casos se recuperaram, enquanto outra parcela segue em tratamento. Conforme dados do Instituo Johns Hopkins, a Coreia do Sul registrou cerca de 18,3 milhões de casos da doença e mais de 24,5 mil mortes.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала