Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Nova Zelândia quer 'expansão militar' da OTAN contra crescente influência da China no Pacífico

© AP Photo / Robert KitchinPrimeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, durante coletiva de imprensa após o ataque em um supermercado em Auckland, Nova Zelândia, 3 de setembro de 2021
Primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, durante coletiva de imprensa após o ataque em um supermercado em Auckland, Nova Zelândia, 3 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 30.06.2022
Nos siga noTelegram
A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, afirmou que a OTAN precisa agir contra a crescente influência chinesa na região do Pacífico, segundo a Bloomberg.
Conforme a Bloomberg, a primeira-ministra ainda quer ações contra a disposição da China em "desafiar as normas internacionais".
Ardern acredita que o conflito na Ucrânia não afeta apenas a Europa, mas também o Pacífico, já que a região passa por uma escalada de tensão, pois segundo ela a China estaria desafiando as regras e normas internacionais.
Ao que parece, a Nova Zelândia teme a superioridade chinesa, que vem reforçando seus laços com os países da região, como é o caso do acordo de segurança com as Ilhas Salomão.
Presidente Joe Biden fala sobre vacinas contra COVID-19 para crianças, na Sala Roosevelt da Casa Branca em Washington, DC, 21 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 25.06.2022
Panorama internacional
EUA, Reino Unido, Japão, Austrália e Nova Zelândia lançam novo mecanismo no Pacífico
Temendo a ascensão chinesa, Ardern instou que ações firmes devem ser tomadas através da diplomacia para denunciar os abusos dos direitos humanos.
Apesar de falar sobre diplomacia e direitos humanos, a Nova Zelândia parece estar seguindo os passos norte-americanos anti-China, tendo a OTAN citado que também precisa expandir "as alianças militares" na região do Pacífico.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала