Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Alemanha apreende navios-tanque russos de GNL por tempo indeterminado, diz mídia

CC BY 2.0 / Flickr.com / Rab Lawrence / Petroleiro (imagem referencial)
Petroleiro (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 30.06.2022
Nos siga noTelegram
O operador marítimo Dynagas LNG diz que as autoridades alemãs assumiram os afretamentos dos navios.
A Alemanha teria assumido o controle de três navios transportadores de gás natural liquefeito (GNL) que pertencem à gigante russa de energia Gazprom, informou o jornal britânico Telegraph nesta quinta-feira (30), citando a operadora marítima Dynagas LNG.
Apesar de a Gazprom ainda não ter confirmado a informação, de acordo com o Telegraph, o governo alemão teria confiscado os afretamentos de três navios-tanque de GNL anteriormente fixados na subsidiária alemã da Gazprom, a Gazprom Germania.
Dois dos três navios, o Amur River e o Ob River, já haviam sido afretados para a Gazprom Germania até 2028. O contrato para o terceiro navio-tanque, o Clean Energy, era válido até 2026. Segundo a Dynagas, as três embarcações estão agora efetivamente sob o controle do governo alemão por "um período de tempo indefinido".
A Gazprom Germania, que costumava operar algumas das maiores instalações de armazenamento de gás natural da Alemanha, foi adquirida por Berlim há várias semanas, como parte das sanções relacionadas à operação militar especial da Rússia na Ucrânia. Em resposta, a Gazprom deixou de fornecer gás à empresa, o que resultou em problemas de liquidez e prejudicou o trabalho dos principais varejistas de gás na Alemanha e no Reino Unido, que trabalham com a unidade.
O regulador de energia da Alemanha interveio e assumiu a empresa para protegê-la da insolvência, renomeando-a como Securing Energy for Europe. Em meados de junho, surgiram relatos de que Berlim forneceria à empresa um empréstimo de € 10 bilhões (cerca de R$ 53,9 bilhões) para ajudá-la a se manter estável.
Empregado em estação compressora na Hungria - Sputnik Brasil, 1920, 30.06.2022
Panorama internacional
Ações de empresa alemã do setor de energia caem após redução no fornecimento de gás russo, diz mídia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала