Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Em Lisichansk, Rússia bloqueia última estrada que liga as Forças Armadas da Ucrânia a Donetsk

© Sputnik / Виктор Антонюк / Abrir o banco de imagensRússia expulsa tropas ucranianas em Gorsky, na República Popular de Lugansk (RPL)
Rússia expulsa tropas ucranianas em Gorsky, na República Popular de Lugansk (RPL) - Sputnik Brasil, 1920, 29.06.2022
Nos siga noTelegram
Em Lisichansk, tropas russas cortaram o acesso à última grande estrada que liga os militares ucranianos a Siversk, na República Popular de Donetsk (RPD), relatou um correspondente da Sputnik.
Como esclareceu o interlocutor, cerca de 500 soldados ucranianos e 74 mercenários deixaram Lisichansk durante a noite para seguir em direção a Siversk, na RPD. Os que permanecem na região, entretanto, estão cada vez mais cercados.
De acordo com a fonte, as Forças Armadas da Ucrânia estão tentando parar a ofensiva do Exército russo e minando ativamente campos e plantações florestais ao redor de Lisichansk.
Embora Kiev tenha ratificado o Tratado de Ottawa, que proíbe o uso, a acumulação e a produção de minas, diversos dispositivos PFM-1 "Lepestok" foram espalhados pela região.
Além disso, as forças ucranianas realizam bombardeios intensivos, mas os militares russos continuam avançando, disse a fonte.
Um bombardeiro de longo alcance Tupolev Tu-22M3 da Força Aeroespacial Russa (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 25.06.2022
Panorama internacional
Força Aérea russa aniquila 80 mercenários da Polônia na República Popular de Donetsk
Anteriormente, as Forças Armadas russas informaram que haviam assumido o controle de uma refinaria de petróleo a 16 quilômetros a sudoeste de Lisichansk e libertado a aldeia vizinha de Topolevka.
A República Popular de Donetsk libertou Volnovakha , um centro regional estrategicamente importante, Mariupol, a maior cidade da costa do mar de Azov, e Svyatogorsk. Na República Popular de Lugansk (RPL), quase todo o território foi libertado, com exceção de Lisichansk.
Ainda nesta quarta-feira (29), o Ministério da Defesa da Rússia informou que na região da Carcóvia foram eliminados até 100 combatentes da formação nazista Kraken, bem como dez equipamentos militares ucranianos.
O combatente brasileiro, Rodolfo Cunha Cordeiro, membro da milícia popular da República Popular de Donetsk (RPD) - Sputnik Brasil, 1920, 18.06.2022
Panorama internacional
'Minha expectativa é cumprir a missão até o fim', diz combatente brasileiro da RPD
A pasta relatou que as tropas ucranianas que estão combatendo na frente de Lisichansk enfrentam uma situação crítica relativa a alimentação: devido à fome, estão sendo registrados muitos casos de deserção.
Segundo seus dados, a 10ª Brigada de Assalto, na área da refinaria petrolífera de Lisichansk, sofreu grandes baixas: de 350 soldados do 108º batalhão, restam apenas 30.
Nas últimas 24 horas, as forças russas destruíram ainda 32 áreas de concentração de pessoal e equipamento militar, uma instalação de reparação nos arredores de Lisichansk e oito depósitos de armas e munições.
Soldado russo durante operação especial na Ucrânia, 27 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.06.2022
Panorama internacional
Defesa russa: até 100 combatentes da unidade nazista Kraken são eliminados na região de Carcóvia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала