Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Biden anuncia reforço aéreo, marítimo e terrestre dos EUA na Europa

© AFP 2022 / Brendan Smialowski Presidente dos EUA, Joe Biden, durante cúpula da OTAN em Madri, 29 de junho de 2022
Presidente dos EUA, Joe Biden, durante cúpula da OTAN em Madri, 29 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.06.2022
Nos siga noTelegram
Nesta quarta-feira (29), o presidente norte-americano Joe Biden anunciou o reforço da presença das forças da OTAN na Europa, dizendo que a aliança é necessária hoje mais "do que nunca".

A OTAN será "reforçada em todas as direções em cada domínio: em terra, no ar e no mar", afirmou o mandatário durante a cúpula da Aliança Atlântica realizada em Madri.

Biden, que teve um encontro com o secretário-geral da OTAN Jens Stoltenberg, declarou que o reforço incluirá:
aumento da frota americana de destróieres de quarto para seis em Rota, Espanha;
um quartel-general permanente do 5º Corpo de Exército na Polônia;
uma "brigada adicional rotativa" na Romênia, consistindo de "3.000 combatentes e mais 2.000 em equipes de pessoal de combate";
destacamentos rotativos melhorados nos Países Bálticos;
dois esquadrões adicionais de aviões furtivos F-35 no Reino Unido;
"defesa antiaérea adicional e outras capacidades na Alemanha e na Itália".

"Junto com nossos aliados, vamos garantir que a OTAN esteja pronta para enfrentar as ameaças de todas as direções em todos os domínios", constatou Biden. "Em um momento em que [o presidente russo Vladimir] Putin quebrou a paz na Europa e atacou os próprios princípios da ordem baseada em regras, os Estados Unidos e nossos aliados, vamos nos reforçar", explicou o presidente os passos anunciados.

"Estamos nos reforçando, provando que a OTAN é mais necessária agora do que nunca e é importante como sempre foi."
Referindo-se à unidade da OTAN ao aceitar os pedidos da Finlândia e da Suécia para aderirem à aliança, Biden disse que a estratégia de Putin de entrar na Ucrânia deu resultados contrários:
"Isso é exatamente o que ele não queria, mas é exatamente o que precisa ser feito para garantir a segurança para a Europa", resumiu Biden.
Petroleiro (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 28.06.2022
Panorama internacional
G7 quer proibir transporte marítimo de petróleo russo caso Moscou discorde de teto de preços
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала