Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Apesar dos esforços OTAN é incapaz de impedir Rússia de cumprir metas na Ucrânia, diz jornal chinês

© Foto / U.S. Army / Elena BaladelliParaquedista dos EUA durante exercícios no campo de treinamento em Ravenna, Itália
Paraquedista dos EUA durante exercícios no campo de treinamento em Ravenna, Itália - Sputnik Brasil, 1920, 28.06.2022
Nos siga noTelegram
Apesar de todos os esforços e investimentos no conflito na Ucrânia, a Organização do Tratado Atlântico Norte (OTAN) não é capaz de impedir a Rússia de cumprir todos os objetivos de sua operação especial, escreve Global Times.
Tendo em conta este detalhe, Moscou tem a possibilidade de regular a intensidade das atividades militares no terreno de acordo com seu próprio planejamento e as considerações estratégicas da Rússia.
"Muito em breve, os EUA e seus aliados terão que enfrentar uma escolha entre as diferentes maneiras de reconhecer as legítimas preocupações de segurança da Rússia no Leste da Europa. Por trás da retórica agressiva da OTAN se escondem contradições e desentendimentos dentro do bloco. A Aliança liderada pelos EUA há muito tempo tem excedido suas capacidades reais que não correspondem à sua força", avança o artigo.
O jornal chinês ressalta também que o fornecimento de armas a Kiev e as sanções contra a Rússia apenas levarão a consequências econômicas negativas para os países ocidentais.
"As pessoas comuns na Europa Ocidental e nos EUA entendem muito bem que a Rússia não está ameaçando seus países ou seus interesses essenciais. E podemos esperar que daqui a alguns meses as populações destes países vão questionar seus governos – por que eles devem suportar ainda mais as dificuldades econômicas?," avança mídia.
O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, durante briefing diário no escritório do Ministério das Relações Exteriores em Pequim, 24 de fevereiro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 28.06.2022
Panorama internacional
OTAN deve parar de criar 'inimigos imaginários' e fazer declarações falsas contra China, diz Pequim
Ao mesmo tempo, segundo o Global Times, alguns membros da OTAN têm admitido que já quase esgotaram todos os seus estoques de equipamentos militares, e a entrega de novas armas a Ucrânia exigirá esforços e tempo de produção consideráveis.
Desta forma, conclui o autor do artigo, os EUA estão perdendo sua credibilidade e serão forçados a adaptar sua visão da ordem global à dos outros membros da comunidade internacional.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала