Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Resposta será dura e capaz de 'cortar oxigênio', diz Medvedev sobre bloqueio a Kaliningrado

© AP Photo / Yulia ZyryanovaO vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev, durante uma reunião em Moscou, em 4 de dezembro de 2020 (foto de arquivo)
O vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev, durante uma reunião em Moscou, em 4 de dezembro de 2020 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2022
Nos siga noTelegram
A resposta da Rússia à proibição do trânsito de mercadorias para a região de Kaliningrado será "muito dura", "capaz de cortar oxigênio a vizinhos bálticos", disse Dmitry Medvedev, vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia e ex-presidente do país.

"Naturalmente a Rússia tomará medidas de retaliação, que serão muito duras", disse Medvedev, em entrevista ao jornal russo Argumenty i Fakty.

Segundo ele, uma parte significativa das possibilidades é de natureza econômica e "capaz de cortar o oxigênio de nossos vizinhos bálticos que adotaram ações hostis".

"Essa escalada é uma má escolha. E os cidadãos comuns da Lituânia, cujo padrão de vida já não é o mais alto, sofrerão com isso. Os políticos lituanos estão pedindo favores, e os cidadãos estão tentando sobreviver de alguma forma. Nesse teatro do absurdo, tanto esses como outros conseguem fazer cada vez pior", criticou o ex-presidente.

© Sputnik / Konstantin Chalabov / Abrir o banco de imagensCidade de Kaliningrado, enclave russo entre a Polônia e a Lituânia, na costa do mar Báltico
Parece que é a Alemanha, não é? Mas isto é a cidade de Kaliningrado da Rússia. È o exclave russo entre a Polónia e a Lituânia, à beira do Mar Báltico.  - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2022
Cidade de Kaliningrado, enclave russo entre a Polônia e a Lituânia, na costa do mar Báltico. Foto de arquivo
A União Europeia (UE) deixou de permitir o tráfego de mercadorias registradas na Rússia para países europeus no início de abril. No entanto foi feita uma exceção com relação ao trânsito à região de Kaliningrado, enclave russo situado na costa do mar Báltico.
O governador de Kaliningrado, Anton Alikhanov, informou, no dia 18, sobre o bloqueio da companhia estatal ferroviária lituana, a Lithuanian Railways, apesar do acordo com Moscou de que os corredores de transporte deveriam permanecer abertos.
A Lituânia alega que estaria simplesmente seguindo o plano de sanções da UE contra a Rússia.
Na última quinta-feira (23), o chefe das relações exteriores da União Europeia, Josep Borrell, afirmou que o bloco revisará suas diretrizes de sanções para evitar "bloquear" o tráfego de entrada e saída de Kaliningrado.
A declaração do alto funcionário ocorreu logo após o Ministério das Relações Exteriores da Rússia ter emitido alertas sobre as consequências das restrições lituanas.
O presidente russo, Vladimir Putin, com o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, em Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 24.06.2022
Panorama internacional
Hungria: 'Europa estará do lado perdedor' se não desistir de mais sanções contra Rússia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала