Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mísseis de precisão russos atingem corporação de foguetes Artyom em Kiev, comunica MD da Rússia

© SputnikMíssil ucraniano Tochka-U caído no território do hospital militar na região de Zaporozhie, 21 de abril de 2022
Míssil ucraniano Tochka-U caído no território do hospital militar na região de Zaporozhie, 21 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2022
Nos siga noTelegram
Segundo comunicou hoje (27) a Defesa da Rússia, a Força Aeroespacial russa atingiu, por meio de quatro mísseis, as instalações de corporação Artyom, em Kiev, que fabricava projéteis para lançadores de foguetes.
Todos os mísseis atingiram os alvos, enquanto a infraestrutura civil não foi danificada, asseguraram na entidade.
Enquanto isso, o regime de Kiev tentou interceptar mísseis russos por meio de sistemas antiaéreos implantados na capital ucraniana, comunica o ministério russo.
Segundo seus dados, os S-300 e Buk M1 ucranianos lançaram mais de dez mísseis interceptores, mas, devido à falta de conexão entre os complexos antiaéreos e os equipamentos de rádio, dois mísseis S-300 foram derrubados pelos Buk. Supostamente, um dos mísseis derrubados caiu em um prédio de apartamentos.
Além disso, durante os combates nos arredores da refinaria de petróleo em Lisichansk, as unidades russas eliminaram dois grupos de sabotagem de mercenários, relatou a pasta.
O MD russo acrescentou que, ante os sucessos do Exército russo, o comando ucraniano está tentando parar "a fuga caótica" de seus militares em Lisichansk.
Entre os mortos na área da refinaria havia mercenários da Europa e da Geórgia, inclusive os que participaram das torturas e assassinatos de militares russos perto de Kiev.

O serviço de imprensa do Ministério da Defesa russa ressaltou: "Os combatentes georgianos eliminados estiveram envolvidos em torturas e assassinatos brutais das tropas russas nos arredores de Kiev em março deste ano. O Ministério da Defesa da Rússia disponibiliza a informação sobre cada mercenário envolvido em sevícias e homicídios de nossos soldados. Nós os encontrámos e punimos".

Foram também derrubados dez veículos voadores não tripulados nas regiões de Carcóvia, Kherson e Zaporoshie, bem como na República de Lugansk.
As forças da Rússia interceptaram dois mísseis Tochka-U, nos arredores de Kakhovka, na região de Kherson, e um foguete perto da ilha Zmeiny.
Nas últimas 24 horas, a Aviação da Rússia destruiu 24 centros de comando das forças ucranianas. As tropas russas atingiram dois pelotões de lançadores de artilharia autopropulsados 2S1 Gvozdika, que nos dias anteriores alvejaram Donetsk e outras cidades da república.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала