Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ex-ministro do Interior da Letônia: Europa e OTAN deram passo para 'tomar' Kaliningrado

© Sputnik / Mikhail Golenkov / Abrir o banco de imagensPátio ferroviário na região russa de Kaliningrado
Pátio ferroviário na região russa de Kaliningrado - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2022
Nos siga noTelegram
O ex-ministro do Interior letão Maris Gulbis disse que a restrição do trânsito para a região de Kaliningrado é um sinal para a Rússia de que a Europa e a OTAN estão prontas para "tomar" Kaliningrado.

"Isso [restrição do trânsito para a região de Kaliningrado] é o primeiro passo da Europa e da OTAN para cortar Kaliningrado, antiga capital da Prússia Oriental, da Rússia [...] Comecei a pensar que a Europa entende muito bem o que está fazendo. Os lituanos entenderam tudo ainda melhor. Acho que foi lançado um sinal claro aos russos: se vocês continuarem se exibindo, nós vamos tomar Konigsberg [antigo nome de Kaliningrado]", disse Gulbis na TV24.

Segundo Gulbis, os líderes dos países ocidentais agora são "demasiado brandos", comparando com Ronald Reagan e Winston Churchill. Gulbis supõe que o presidente norte-americano, Joe Biden, devia ter se dirigido ao presidente russo com uma declaração em resposta ao início da operação militar especial na Ucrânia: "Vladimir, agora vamos tomar Kaliningrado".
A União Europeia deixou de permitir que caminhões registrados na Federação da Rússia entrassem nos países europeus no início de abril. Contudo, foi feita uma exceção para o trânsito de mercadorias para a região de Kaliningrado. Agora, a proibição anunciada pela Lituânia diz respeito a todo o trânsito sancionado pela UE. Os caminhos de ferro lituanos tinham notificado anteriormente a ferrovia de Kaliningrado de que o trânsito de várias mercadorias sujeitas às sanções da União Europeia terminaria a partir de 18 de junho.
Presidente dae Belarus, Aleksandr Lukashenko (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 25.06.2022
Panorama internacional
'Declaração de guerra', diz Lukashenko sobre bloqueio da Lituânia a Kaliningrado
A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo declarou que a Lituânia, ao tomar tal decisão, estava agindo de maneira agressiva e tinha ultrapassado as barreiras hostis. A parte russa reclamou a retomada imediata do trânsito para a região de Kaliningrado e ameaçou com medidas de retaliação.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала