EUA enviam destróier ao mar do Sul da China e elevam tensão com Pequim na região

CC BY-SA 2.0 / mashleymorgan / 070304-N-4965F-018Destróier USS Benfold num porto do Havaí
Destróier USS Benfold num porto do Havaí - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2022
Nos siga noTelegram
A Marinha dos EUA teria enviado um destróier ao mar do Sul da China no sábado (25), um dia depois que um avião de espionagem americano sobrevoou a área do estreito de Taiwan, elevando as tensões com a China.
Segundo o People Daily, o destróier norte-americano USS Benfold entrou no mar do Sul da China através da passagem da Ilha Verde, nas Filipinas.
Para o especialista militar chinês Song Zhongping, os EUA estão navegando em águas territoriais chinesas no mar do Sul da China, ou no estreito de Taiwan, para desafiar e provocar o país asiático.
No dia 24 de junho, um avião de espionagem P-8A Poseidon dos EUA foi avistado sobrevoando a região, em uma ação descrita pelos Estados Unidos como um "compromisso com um Indo-Pacífico livre e aberto".
Avião P-8 Poseidon da Força Aérea Real australiana - Sputnik Brasil, 1920, 25.06.2022
Panorama internacional
China condena passagem de avião militar dos EUA sobre estreito de Taiwan
Pequim, por sua vez, manifestou seu desagrado logo após o sobrevoo do P-8A Poseidon dos EUA sobre o estreito de Taiwan.
As recentes ações dos EUA estão tornando a situação na região cada vez mais perigosa, tanto que Pequim já deixou claro que não existem "águas internacionais" na Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, e que a China tem soberania, direitos soberanos e jurisdição sobre o estreito de Taiwan.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала