Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Turquia não se juntará às sanções contra a Rússia, diz porta-voz de Erdogan

© Sputnik / Pool / Abrir o banco de imagensO presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, gesticula durante negociações entre Rússia e Ucrânia, em Istambul, 29 de março de 2022
O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, gesticula durante negociações entre Rússia e Ucrânia, em Istambul, 29 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.06.2022
Nos siga noTelegram
Neste domingo (26), o porta-voz presidencial da Turquia, Ibrahim Kalin, afirmou que Ancara não pretende apoiar as sanções impostas contra à Rússia devido à operação militar russa na Ucrânia.
A declaração de Kalin ocorreu durante entrevista à emissora turca Haberturk. Para o porta-voz, eventuais sanções contra Moscou prejudicariam a Turquia.
"Nós declaramos que não vamos nos juntar às sanções. Isso é por causa de nossa vantagem econômica. Nós dependemos de fontes de energia externas", afirmou Kalin.
Segundo o porta-voz presidencial, essa posição já foi apresentada ao bloco ocidental e há um consenso nesse sentido.
"As sanções contra a Rússia atingirão, acima de tudo, a economia da Turquia, nós certamente não queremos isso", disse.
© Sputnik / Vladimir Smirnov POOL / Abrir o banco de imagensPresidente turco Recep Tayyip Erdogan
Presidente turco Recep Tayyip Erdogan - Sputnik Brasil, 1920, 26.06.2022
Presidente turco Recep Tayyip Erdogan
Kalin acrescentou que Ancara recebe pedidos frequentes do Ocidente para juntar-se às sanções contra Moscou, mas mantém sua posição.

"Não há pressão sistemática, mas periodicamente há esses pedidos. Mas, como disse, nós não podemos fazer isso porque iria atingir nossa economia em primeiro lugar. Por outro lado, há o nosso papel intermediário, porque tudo passa pela Turquia", afirmou.

Em outro momento da entrevista o porta-voz salientou que as ações da Rússia na Ucrânia não são uma coincidência e que ocorreram após passos da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) em direção ao Oriente.
© AFP 2022 / BENOIT DOPPAGNE / BELGA Bandeiras da Turquia e da OTAN
Bandeiras da Turquia e da OTAN - Sputnik Brasil, 1920, 26.06.2022
Bandeiras da Turquia e da OTAN
Desde o início da operação militar especial russa na Ucrânia, um volume sem precedentes de sanções econômicas foi imposto à Rússia pelo bloco ocidental liderado pelos Estados Unidos. As medidas restritivas incluem o setor de energia e as reservas financeiras internacionais russas.
A Turquia tem exercido um papel diplomático ao longo da crise e chegou a receber uma rodada de diálogos entre autoridades de Moscou e Kiev, em março. Alegando interesses próprios, Ancara também bloqueou recentemente a entrada de Suécia e Finlândia na OTAN.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала