Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Irã realiza com sucesso 2º teste de lançamento de foguete nacional, diz mídia

© Sputnik / Anton BystrovA bandeira do Irã em rua de Teerã, 15 de junho de 2018
A bandeira do Irã em rua de Teerã, 15 de junho de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 26.06.2022
Nos siga noTelegram
Neste domingo (26), o Irã realizou um novo teste do foguete Zoljanah, de fabricação iraniana, desenhado para colocar satélites em órbita. Conforme detalhou a mídia do país, citando fontes governamentais, o motor do foguete é movido por um combustível composto.
Segundo publicou a agência IRNA, citando o porta-voz do departamento espacial do Ministério da Defesa do Irã, Ahmad Hosseini, esse segundo lançamento de teste, assim como o primeiro, tem apenas objetivos científicos.
O veículo é composto de três fases, duas movidas por combustível sólido e uma por combustível líquido. Desenhado com foco no lançamento de satélites, o foguete teve o primeiro teste realizado em fevereiro de 2021.
O Irã deu início ao seu programa espacial no início da década de 2000, usando o míssil terra-ar Shahab-4 como base para a criação de um lançador de satélites próprio. Em 2009, Teerã estabeleceu no norte do país a base de lançamento de Semnan.
© AP Photo / Ministério da Defesa do IrãFoguete Simorgh é lançado pelo Irã, 30 de dezembro de 2021
Foguete Simorgh é lançado pelo Irã, 30 de dezembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.06.2022
Foguete Simorgh é lançado pelo Irã, 30 de dezembro de 2021
Devido ao alto custo, o programa espacial iraniano chegou a ser suspenso entre 2015 e 2017. Apesar disso, os militares iranianos já conseguiram colocar dois satélites em órbita, um em 2020 e outro em março de 2022. Em maio deste ano, Teerã anunciou que pretende produzir e lançar sete satélites até meados de 2023.
O programa espacial do Irã é visto com preocupação pelos Estados Unidos e seus aliados. Além de Washington, Alemanha e França acusam o desenvolvimento militar iraniano de ameaçar as bases do Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), também conhecido como acordo nuclear iraniano.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала