Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Forças da RPL libertam mais 250 civis da planta de Azot, em Severodonetsk

© Sputnik / Maksim Zakharov / Abrir o banco de imagensCivis são evacuados do território da usina química de Azot, em Severodonetsk, República Popular de Lugansk, 26 de junho de 2022
Civis são evacuados do território da usina química de Azot, em Severodonetsk, República Popular de Lugansk, 26 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.06.2022
Nos siga noTelegram
Neste domingo (26), o embaixador da República Popular de Lugansk (RPL) na Rússia, Rodion Miroshnik, informou em suas redes sociais sobre a libertação de mais 250 civis da usina química de Azot, incluindo crianças.
Miroshnik publicou a informação em sua página no Telegram.

"Soldados da Milícia Popular da RPL evacuaram mais cerca de 250 pessoas, incluindo crianças, do território da usina de Azot em Severodonetsk. Cerca de 200 civis foram evacuados de Azot ontem", afirmou.

No sábado (25), o líder da república russa da Chechênia, Ramzan Kadyrov, disse que forças russas libertaram o território de Azot, acrescentando que cerca de 800 civis teriam sido evacuados do subterrâneo da usina. Segundo Kadyrov, esses civis estavam sendo usados como "escudos humanos" por forças ucranianas.
© Sputnik / Victor Antonyuk / Abrir o banco de imagensVista da fábrica Azot, em Severodonetsk, de cuja planta as Forças Armadas russas liberaram 800 pessoas em 25 de junho de 2022
Vista da fábrica Azot, em Severodonetsk, de cuja planta as Forças Armadas russas liberaram 800 pessoas em 25 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.06.2022
Vista da fábrica Azot, em Severodonetsk, de cuja planta as Forças Armadas russas liberaram 800 pessoas em 25 de junho de 2022
A usina química de Azot ocupa quase metade do território de Severodonetsk. O local esteve sob o controle das forças ucranianas por diversas semanas após serem empurrados e cercados quando a cidade passou para o controle russo e da RPL.
Na semana passada, militares russos ofereceram uma saída segura aos militantes ucranianos em Azot que aceitassem a rendição. As forças russas também exigiram a libertação dos civis e a evacuação deles por meio de um corredor humanitário em direção a uma área segura da RPL.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала