Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

EUA sancionam lei mais significativa em 30 anos para endurecer controle de armas

© AFP 2022 / Tasos KatopodisO presidente dos EUA, Joe Biden, sanciona a Lei de Comunidades Mais Seguras Bipartidárias na Sala Roosevelt da Casa Branca em 25 de junho de 2022
O presidente dos EUA, Joe Biden, sanciona a Lei de Comunidades Mais Seguras Bipartidárias na Sala Roosevelt da Casa Branca em 25 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 25.06.2022
Nos siga noTelegram
A aprovação da legislação encerra três décadas de inação do Congresso norte-americano em relação às mudanças nas leis federais sobre armas de fogo.
Neste sábado (25), o presidente dos EUA, Joe Biden, sancionou o projeto de lei de controle de armas mais significativo em muito tempo, um dia após a Câmara aprovar uma legislação bipartidária de armas, também aprovada pelo Senado e enviada a Biden para sua assinatura, segundo a CBSNews.
A lei, intitulada Lei de Comunidades Mais Seguras Bipartidárias, melhora a verificação de antecedentes para compradores de armas de 21 anos de idade, fornece bilhões para serviços de saúde mental e fecha a chamada "brecha do namorado" para impedir que agressores domésticos condenados comprem uma arma de fogo por cinco anos.
"Esta lei não faz tudo o que eu quero, mas inclui ações que eu sempre pedi para salvar vidas", disse o mandatário norte-americano.
Além disso, o plano fornece US$ 750 milhões (R$ 3,9 bilhões) em subsídios para incentivar os estados a iniciar programas de intervenção em crises, esclarece a definição de um traficante de armas de fogo licenciado pelo governo federal e cria penalidades para compras de canudos e tráfico de armas.
Sirene de carro de polícia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 05.06.2022
Panorama internacional
Tiroteio no Tennessee deixa ao menos 3 mortos e 17 feridos, diz polícia local (VÍDEO)
A aprovação da legislação por ambas as câmaras encerra 30 anos de inação do Congresso em relação às mudanças nas leis federais sobre armas de fogo, apesar do aumento da violência armada e dos tiroteios em massa em todo o país.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала