Trabalhador da saúde segura seringa em ponto de vacinação contra a COVID-19 em loja de departamentos GUM de Moscou, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Propagação e combate à COVID-19
Informações atuais sobre a dissimilação de coronavírus no Brasil e no mundo. Fique por dentro das principais notícias sobre o tema.

Após revacinação, Putin se propõe como voluntário para testar versão nasal de vacina contra COVID-19

© SputnikVladimir Putin, presidente da Rússia, durante encontro com Denis Logunov, vice-diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, 21 de novembro de 2021
Vladimir Putin, presidente da Rússia, durante encontro com Denis Logunov, vice-diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, 21 de novembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 21.11.2021
Nos siga noTelegram
Vladimir Putin, presidente russo, anunciou ter se revacinado com a vacina Sputnik Light, produzida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya.
Vladimir Putin, presidente da Rússia, disse no domingo (21) que se revacinou contra o SARS-CoV-2 com o imunizante Sputnik Light.

"Hoje, por sua recomendação, e por recomendação de seus colegas, me imunizei novamente com a vacina Sputnik Light. Isso se chama revacinação", constatou o líder russo durante encontro com Denis Logunov, vice-diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya.

O funcionário do centro explicou que a terceira dose da vacina contra a COVID-19 retorna o nível de eficácia a um nível igual ou superior ao que se segue à imunização anterior.
"E posso já dizer de forma completamente exata e determinada que, tanto de acordo com nossos dados como de acordo com os do exterior, que a introdução da terceira dose, a introdução da revacinação na prática médica leva a que essa redução regressa ao nível inicial e, mais ainda, até chega a aumentar em 1,6 ou 2 vezes relativamente à primeira vacinação. Refiro-me à eficácia, e isso pode ser avaliado pela taxa de infecção."
Presidente da Rússia realiza reunião sobre o aumento da produção de vacinas e vacinação da população do país, 22 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 23.03.2021
Putin é vacinado contra a COVID-19
Putin sublinhou que fala regularmente com a administração do instituto.

"Temos oportunidade de falar sobre todos estes temas sensíveis para a população e explicar às nossas pessoas, nossos cidadãos, sua visão do que acontece conosco, qual é a necessidade desta vacinação, de revacinação, falar dos resultados de utilização da Sputnik Light no nosso país e no exterior", disse ele.

Logunov referiu ainda que o Centro Gamaleya está criando um novo medicamento contra a COVID-19, o qual espera poder registrar até o final de 2022 se os testes em animais e os ensaios clínicos correrem bem.
O presidente da Rússia também aceitou se tornar voluntário para o teste de uso da vacina nasal contra a COVID-19, produzida pelo Centro Gamaleya.
"Posso participar deste experimento?", perguntou o alto responsável russo a Logunov, que respondeu ser necessário assinar um acordo.
"Está decidido, assinarei de certeza. Podemos fazer isso já hoje [21]", propôs.
Em 23 de março Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin, anunciou que Vladimir Putin se vacinou contra o coronavírus com a Sputnik V.
A Sputnik Light, de dose única, é uma vacina altamente eficaz tanto administrada sozinha como em combinação com outros imunizantes. A Sputnik Light foi registrada em 6 de maio de 2021 e é autorizada em mais de 15 países, com o processo de autorização em curso em outros 30.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала