Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia não está envolvida na crise migratória na fronteira Belarus-Polônia, diz Kremlin

© REUTERS / Polícia da PolôniaPolícia polonesa na fronteira com Belarus, perto de Kuznica, Polônia, 10 de novembro de 2021
Polícia polonesa na fronteira com Belarus, perto de Kuznica, Polônia, 10 de novembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 11.11.2021
Nos siga noTelegram
A Rússia nega seu envolvimento na crise migratória na fronteira Belarus-Polônia e diz estar fazendo todos os esforços para resolver a situação, segundo o porta-voz do Kremlin.
Na quinta-feira (11), o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, disse que a Rússia não tem nada a ver com a crise migratória na fronteira entre Belarus e a Polônia.
"As primeiras declarações desse tipo sobre o suposto envolvimento da Rússia no que está acontecendo foram feitas pelo primeiro-ministro da Polônia. Ontem, já avaliei estas declarações. A Rússia não tem nada a ver com o que está se passando na fronteira entre Belarus e Polônia", afirmou o porta-voz.
Moscou envida todos os esforços para resolver a situação na fronteira polonesa-belarussa. O presidente Vladimir Putin está em contato com seu homólogo Aleksandr Lukashenko, revelou Peskov.
Peskov chamou de "ideias loucas" os relatos sobre possíveis sanções contra a companhia aérea russa Aeroflot pelo suposto transporte maciço de imigrantes. Ele sublinhou que as normas internacionais não proíbem que as companhias aéreas transportem imigrantes.
Presidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, 16 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 11.11.2021
Panorama internacional
Crise na fronteira: presidente de Belarus ameaça cortar trânsito de gás à UE ante ameaças de sanções
A assessoria de imprensa da Aeroflot declarou que a companhia não está envolvida no transporte de imigrantes para Belarus e que as sanções podem prejudicar o funcionamento da companhia.
"A informação de envolvimento ou assistência da Aeroflot na organização do transporte maciço de imigrantes para o território da República de Belarus não corresponde à verdade", segundo a companhia.
A Aeroflot pretende proteger seus interesses e de seus acionistas de todas as formas legítimas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала