Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Rochas que ajudaram a formar continentes emergiram do oceano 700 milhões de anos antes do imaginado

© Foto / Subham Mukherjee / University of Delhi Rochas granitóides do cráton Singhbhum, na Índia, com mais de 3 bilhões de anos.

Rochas granitóides do cráton Singhbhum, na Índia, com mais de 3 bilhões de anos. - Sputnik Brasil, 1920, 10.11.2021
Nos siga noTelegram
Estudo descobriu que os primeiros continentes da Terra começaram a se elevar acima do oceano há cerca de 3,2 bilhões de anos, pelo menos 700 milhões de anos antes do que a maioria das estimativas anteriores.
Segundo estudo publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences, após análise de sedimentos rochosos, foi possível constatar que os primeiros continentes da Terra surgiram do oceano 700 milhões de anos antes do que se pensava.
As rochas examinadas foram trazidas especificamente de Singhbhum, distrito localizado no leste da Índia, perto de Calcutá.
De acordo com o principal autor do estudo, dr. Priyadarshi Chowdhury, da Universidade Monash (Austrália), a equipe percebeu que as rochas devem ter se formado na terra por conta da presença de características como marcas onduladas, semelhantes à forma como o vento e as ondas deixam marcas em uma praia arenosa.
© Foto / Subhajit Roy / Monash UniversityHorizontes de arenito com 3,1 bilhões de anos e formados no topo da crosta do cráton Singhbhum logo após sua emergência acima do nível do mar
Horizontes de arenito com 3,1 bilhões de anos e formados no topo da crosta do cráton Singhbhum logo após sua emergência acima do nível do mar - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Horizontes de arenito com 3,1 bilhões de anos e formados no topo da crosta do cráton Singhbhum logo após sua emergência acima do nível do mar
A equipe extraiu pequenos grãos de um mineral conhecido como zircão dos sedimentos e, ao atirar lasers no zircão e medir a quantidade relativa de elementos liberados, a equipe foi capaz de estimar a idade das rochas, relatou o The Guardian.
"Percebemos que eram antigas [rochas] ribeirinhas, formadas em rios e estuários", afirmou Chowdhury citado pela mídia.
O autor explica que os primeiros continentes provavelmente se formaram antes da existência das placas tectônicas, que é o principal fator hoje para o aumento na elevação das massas de terra.
"Temos placas tectônicas hoje para controlar a elevação. Quando dois continentes [placas] colidem, você forma o Himalaia, você forma os Alpes, mas esse não era o caso três bilhões de anos atrás", elucidou.
O pesquisador acredita que o cráton Singhbhum pode ter sido formado a partir de uma pilha de lava ao longo do tempo, de modo que a crosta "se torna tão espessa e simplesmente flutua acima da água [...] como um iceberg flutuando na água".
Sendo assim, os cientistas pensam que o desgaste dos crátons teria levado ao escoamento de nutrientes, fornecendo ao oceano fósforo e outros blocos de construção para o início da vida.
"Depois de criar a terra, você também cria mares rasos, como lagoas", acrescentou Chowdhury.
Ainda segundo o autor, o primeiro passo para tornar a "Terra habitável" foi o surgimento dos primeiros continentes, que também teria puxado o dióxido de carbono da atmosfera, levando a bolsões localizados de clima frio e à formação de geleiras.
Planeta Terra (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 07.11.2021
Micróbios podem ter vivido no subsolo da Terra por 1 bilhão de anos, sugere estudo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала