Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Pequim adverte EUA a pararem com quaisquer interações oficiais com Taiwan

© AP Photo / Andrew HarnikBandeira da China exibida ao lado da bandeira dos Estados Unidos no complexo da Casa Branca, em Washington (arquivo)
Bandeira da China exibida ao lado da bandeira dos Estados Unidos no complexo da Casa Branca, em Washington (arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 10.11.2021
Nos siga noTelegram
Em meio às crescentes tensões entre Pequim e Washington, o gigante asiático volta a lançar avisos aos EUA sobre sua interferência na região.
O Ministério das Relações Exteriores da China disse, nesta quarta-feira (10), que visitas de delegações dos EUA a Taiwan violam a política de Uma Só China, e que por essa razão Washington deveria parar com qualquer forma de interação com Taipé, informa a agência Reuters.
Wang Wenbin, porta-voz do ministério, advertiu que seria perigoso formar aliança com as forças pró-independência taiwanesas.
As tensões entre Taiwan e a China vêm aumentando nos últimos meses, com Taiwan reclamando, por mais de um ano, de repetidas missões da Força Aérea chinesa perto da ilha.
A China, por seu lado, não descarta o uso da força para colocar Taiwan sob seu controle, ante as afirmações de Taipé em que defenderá sua liberdade e democracia, aponta a mídia.
É importante relembrar que Pequim considera Taiwan parte do território da China, classificando as ações dos EUA e aliados na região de desestabilizadoras e provocadoras.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала