Mídia: Coreia do Norte começa a criar cisnes negros para consumo em meio a crise alimentar

© AFP 2022 / Karim SahibCisne negro é seguido por suas crias (imagem referencial)
Cisne negro é seguido por suas crias (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 01.11.2021
Nos siga noTelegram
A Coreia do Norte começou a criar cisnes negros para consumo dos cidadãos, meses depois que Kim Jong-un, líder do país, advertiu contra a situação alimentar "tensa" a nível nacional.
A Coreia do Norte está usando cisnes negros para se alimentar, anunciou na última segunda-feira (25) o portal Rodong Sinmun.
Segundo o artigo, está sendo usado um incubador para criar a ave, e consumir o animal contribuirá "ativamente ao melhoramento de vida das pessoas".
"A carne dos cisnes negros é deliciosa, e tem um valor medicinal", diz o portal norte-coreano.
Em 24 de outubro Ri Jong Nam, secretário do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte na província do Hamgyong do Sul, liderou uma cerimônia para abrir uma Fazenda de Patos de Kwangpho, no condado de Jongphyong, costa oriental do país.
Em junho Kim Jong-un, líder supremo da Coreia do Norte, qualificou de "tensa" a situação alimentar no país em meio à pandemia do SARS-CoV-2 e uma onda de tufões. Em setembro ele instou ao desenvolvimento de novas formas de resolver "o problema alimentar" da nação.
Antes disso, em janeiro de 2021 um estudo da organização sem fins lucrativos Global Fishing Watch sugeriu que durante 2020, o ano da explosão da pandemia, "frotas obscuras" pesqueiras da Coreia do Norte diminuíram sua atividade em 95% relativamente aos anos de 2017 a 2019.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала