Marinha dos EUA intensifica testes de mísseis hipersônicos para conter China, diz mídia

© AFP 2022 / Oscar Sosa / Marinha dos EUAMíssil hipersônico lançado da Pacific Missile Range Facility, Kauai, Havaí, EUA, 19 de março de 2020
Míssil hipersônico lançado da Pacific Missile Range Facility, Kauai, Havaí, EUA, 19 de março de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 01.11.2021
Nos siga noTelegram
A Marinha dos EUA está intensificando os testes de mísseis hipersônicos, visando implantá-los o mais rápido possível para conter a alegada "ameaça chinesa".
"Estamos dentro do cronograma para o próximo teste de voo de um míssil hipersônico completo [...] Todos continuam o excelente trabalho que é essencial para fornecer a capacidade hipersônica para nossos combatentes o mais rápido possível", afirmou o vice-almirante Johnny R. Wolfe Jr., citado pelo portal The Maritime Executive.
Segundo o tenente-general L. Neil Thurgood, os militares dos EUA prosseguem os testes destinados a dotar as Forças Armadas de capacidades hipersônicas, em apoio à Estratégia de Defesa Nacional.
Na semana passada, foi noticiado que a China realizou dois testes de armas hipersônicas em 27 de julho e 13 de agosto, respectivamente. Em 20 de outubro, a chancelaria chinesa afirmou que não realizou um teste deste tipo de arma, mas sim uma verificação de rotina de uma espaçonave.
Dias depois, o presidente dos EUA, Joe Biden, afirmou estar preocupado com os mísseis hipersônicos supostamente testados na China. As Forças Armadas norte-americanas anunciaram ter conduzido testes de armas que demonstraram tecnologias e capacidades hipersônicas avançadas. Foram realizados com sucesso três testes com protótipos de componentes de armas hipersônicas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала