Imagens inéditas de canoa milenária encontrada no México

Nos siga noTelegram
Pesquisadores do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) mexicano descobriram, em uma caverna inundada na península de Iucatã, uma canoa maia de mais de 1.000 anos, foi anunciado em 29 de outubro.
A canoa de madeira, datada do período entre 830 e 950 d.C, foi encontrada em um cenote, uma cavidade natural cheia de água, durante os trabalhos arqueológicos antes da construção da ferrovia de um controverso trem turístico no estado mexicano de Iucatã.
Além da canoa, os arqueólogos descobriram, nas proximidades, um esqueleto humano, pinturas murais, uma estela de rocha, uma faca e fragmentos de cerâmica ritual.
Os cientistas acreditam, com base na variedade de tipos de cerâmica, que o sítio foi usado para cerimônias rituais por vários séculos.
© REUTERS / Instituto Nacional de Antropologia e História do MéxicoCanoa de madeira, usada pelos maias antigos, com idade estimada de mais de 1.000 anos, em uma cavidade com águas subterrâneas, estado de Iucatã, México, foto divulgada em 29 de outubro.
Canoa de madeira, usada pelos maias antigos, com idade estimada de mais de 1.000 anos, em uma cavidade com águas subterrâneas, estado de Iucatã, México, foto divulgada em 29 de outubro. - Sputnik Brasil
1/6
Canoa de madeira, usada pelos maias antigos, com idade estimada de mais de 1.000 anos, em uma cavidade com águas subterrâneas, estado de Iucatã, México, foto divulgada em 29 de outubro.
© REUTERS / Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do MéxicoArqueólogos do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do México observam fragmentos de cerâmica na caverna, estado de Iucatã, 29 de outubro de 2021.
Arqueólogos do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do México observam fragmentos de cerâmica na caverna, estado de Iucatã, 29 de outubro de 2021.  - Sputnik Brasil
2/6
Arqueólogos do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do México observam fragmentos de cerâmica na caverna, estado de Iucatã, 29 de outubro de 2021.
© REUTERS / Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do MéxicoCavidade natural cheia de água (cenote) onde a canoa maia foi encontrada, México, 29 de outubro de 2021.
Cavidade natural cheia de água (cenote) onde a canoa maia foi encontrada, México, 29 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil
3/6
Cavidade natural cheia de água (cenote) onde a canoa maia foi encontrada, México, 29 de outubro de 2021.
© REUTERS / INAH do MéxicoCerâmica encontrada na caverna onde também foi descoberta uma canoa da civilização maia pelos arqueólogos do INAH, México, 29 de outubro de 2021.
Cerâmica encontrada na caverna onde também foi descoberta uma canoa da civilização maia pelos arqueólogos do INAH, México, 29 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil
4/6
Cerâmica encontrada na caverna onde também foi descoberta uma canoa da civilização maia pelos arqueólogos do INAH, México, 29 de outubro de 2021.
© REUTERS / INAH do MéxicoArqueólogos do INAH do México observam a caverna no estado do Iucatã, foto divulgada em 29 de outubro de 2021.
Arqueólogos do INAH do México observam a caverna no estado do Iucatã, foto divulgada em 29 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil
5/6
Arqueólogos do INAH do México observam a caverna no estado do Iucatã, foto divulgada em 29 de outubro de 2021.
© REUTERS / INAH do MéxicoArqueólogos do INAH do México fazem medições no local onde encontraram cerâmica em uma caverna no estado do Iucatã, foto divulgada em 29 de outubro de 2021.
Arqueólogos do INAH do México fazem medições no local onde encontraram cerâmica em uma caverna no estado do Iucatã, foto divulgada em 29 de outubro de 2021.  - Sputnik Brasil
6/6
Arqueólogos do INAH do México fazem medições no local onde encontraram cerâmica em uma caverna no estado do Iucatã, foto divulgada em 29 de outubro de 2021.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала