Asteroide passa 'raspando' pela Terra sem ser detectado

© Foto / Pixabay / Paris_SaliverosImagem artística de asteroide
Imagem artística de asteroide - Sputnik Brasil, 1920, 31.10.2021
Nos siga noTelegram
O corpo celeste, identificado como 2021 UA1, sobrevoou a Antártica no dia 24 de outubro a uma velocidade de 57 mil quilômetros por hora.
Um asteroide de dois metros de diâmetro passou a apenas 3.047 quilômetros da superfície de nosso planeta no dia 24 de outubro sem ser detectado pelos astrônomos.
Uma simulação na rede mostra como o corpo celeste passou "raspando" pela Terra.
O corpo celeste, identificado como 2021 UA1, sobrevoou a Antártica a uma velocidade de 57 mil quilômetros por hora, segundo o Catalina Sky Survey.
De acordo com os especialistas, um asteroide deste tamanho não representa risco, já que quando se aproxima da atmosfera terrestre provavelmente é queimado e desintegrado ao entrar em contato com ela, sem afetar a superfície.
​O recém-descoberto asteroide 2021 UA1 passou pela Antártica a apenas 3.000 quilômetros no domingo à tarde. Ele veio do céu diurno, e por isso estava invisível antes de sua aproximação.
O fato preocupante, no entanto, é que um asteroide "passou raspando" a Terra sem ser detectado, sendo notado apenas após sua passagem.
Segundo o astrônomo Tony Dunn, o que surpreendeu os cientistas é que durante o dia o asteroide estava atrás do Sol e sua aproximação da Terra foi indetectável.
Segundo informações, este é o terceiro asteroide que passou raspando a Terra, depois do 2020 HQ e do 2020 VT4, ambos pequenos demais para representar uma ameaça à Terra.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала