Astrônomos descobrem sinal raro vindo do centro da Via Láctea mas não sabem o que é

Imagem de Via Láctea - Sputnik Brasil, 1920, 12.10.2021
Nos siga noTelegram
Os astrônomos que trabalham no radiotelescópio australiano ASKAP descobriram um sinal raro proveniente do centro da Via Láctea, mas as ondas de rádio não correspondem a qualquer fonte conhecida.
Uma equipe internacional de cientistas estudou durantes dois anos o céu com o radiointerferômetro ASKAP na Austrália, procurando novos corpos celestes, segundo um estudo publicado na revista The Astrophysical Journal.
No centro de nossa galáxia, os pesquisadores descobriram o objeto ASKAP J173608.2-321635, nomeado de acordo com as suas coordenadas.
"Este objeto é único porque no início era invisível, depois se tornou brilhante, depois desapareceu e depois apareceu de novo. Tal comportamento é extraordinário", disse a chefe do estudo, Tara Murphy.
A nova fonte encontrada tem polarização alta: o sinal das ondas de rádio oscilou em uma direção, mas esta direção mudou com o tempo.
"O brilho do objeto também mudou drasticamente umas 100 vezes e o sinal acendeu e apagou, provavelmente, de forma aleatória. Nunca vimos nada parecido", revelam os cientistas.
"Primeiramente, acreditávamos que fosse um pulsar - um tipo denso de estrela morta giratória ou uma estrela emissora de erupções solares fortes. Mas os sinais desta nova fonte não correspondem ao que esperamos destes corpos celestes", afirmou o primeiro autor do artigo, Ziteng Wang.
Até agora, os cientistas não conseguiram explicar a origem do sinal, chamando-a condicionalmente de fonte de rádio transitória.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала